Huawei não vai entrar no ramo dos eletrodomésticos, garante CEO

Bruno Coelho
Comentar

A Huawei apresentou hoje o seu concorrente ao iPad Pro. Durante a conferência de lançamento do MatePad Pro, o CEO da fabricante chinesa admitiu que não existem planos para a entrada no segmento de eletrodomésticos.

Segundo Richard Yu, a empresa quer focar-se em smartphones, produtos de áudio inteligentes, computadores e tablets. Além disso, a empresa pretende também focar-se em wearables como smartwatches e smartbands.

Richard Yu
Richard Yu, CEO da Huawei

O CEO da Huawei já em março deste ano tinha mostrado total desinteresse em investir em eletrodomésticos. À data falava-se então das primeiras Smart TVs da fabricante, e no seu desenvolvimento em inteligência artificial.

Tal como afirmou nessa altura, Richard Yu confirma que “o segmento de internet das coisas da Huawei e o de smartphones são um todo e inseparáveis. No futuro, o teu hardware caseiro pode ser controlado pelos smartphones da Huawei”.

Huawei segue estratégia diferente da Xiaomi

Esta é uma estratégia completamente diferente de empresas como a Xiaomi. A também empresa chinesa investe bastante em eletrodomésticos, e na sua conetividade com o seu ecossistema Mi Home.

O objetivo da Huawei não é fabricar hardware inteligente para eletrodomésticos, mas apenas dar complementos aos consumidores. O futuro dirá se esta é a estratégia correta por parte da empresa.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.