Huawei MateBook X 2020 vai copiar uma característica única dos MacBooks

Carlos Oliveira
Comentar

Muito do lucro que a Huawei faz é por intermédio da venda dos seus smartphones. Todavia, a empresa chinesa também faz computadores portáteis de grande qualidade. E o próximo Huawei MateBook X 2020 não será exceção.

Um dos primeiros rumores relacionados com o novo Huawei Matebook X dá conta da incorporação de um trackpad sensível à pressão. Uma funcionalidade que, até agora, só encontramos na linha MacBook da Apple.

Huawei MateBook X 2020 vai copiar o trackpad dos portáteis da Apple

Há já vários anos que a Apple implementou nos seus MacBook um sensor de medição de pressão nos trackpads. Esta funcionalidade foi apelidada de Force Touch e simula a reação do componente a um clique do utilizador com uma pequena vibração.

Huawei MateBook X 2020

Se nunca usaste um MacBook, pensa nisto como os botões home dos iPhone desde a sua sétima geração. Quando carregas no botão, um pequeno motor vibratório irá criar uma reação em muito semelhante à que obténs ao pressionar um botão "real".

No caso da Huawei com o seu MateBook X 2020, esta funcionalidade ficará conhecida como Free Touch. Mas, no fundo, não mais passa que uma imitação da tecnologia da Apple.

Numa utilização diária, serão poucos os utilizadores que darão conta da diferença deste mecanismo para os botões reais. Afinal de contas, é exatamente esse o objetivo da tecnologia em causa.

Huawei MateBook X 2020 será apresentado na próxima semana

A empresa chinesa já confirmou o lançamento do seu próximo portátil para o dia 19 de agosto. Os convites enviados são bastante esclarecedores e não deixam dúvidas de que o Huawei MateBook X 2020 será a estrela.

Por enquanto, ainda não são muitos os pormenores conhecidos acerca do Huawei MateBook X 2020. Ainda assim, o convite para o seu evento já confirmou um design extremamente elegante, bem como uma entrada USB-C e jo ack de 3.5mm.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.