Huawei Mate X vai ter o processador Kirin 990 e suporte 5G

António Guimarães
Comentar

Yanming Wang, presidente da Huawei no Norte da Europa e Canadá, confirmou a presença do processador Kirin 990 no dobrável Mate X. Com isto, fica confirmado também o nome do novo CPU móvel, sucessor do Kirin 980.

Até ao momento, ainda não se sabe a data exata de lançamento do Huawei Mate X. O primeiro telemóvel dobrável da gigante chinesa teve a sua produção atrasada até novembro ou final do ano, admitiu a empresa numa conferência em Shenzhen.

Restantes características esperadas do Mate X são as suas câmaras, que deverão chegar num módulo de triplo sensor, À semelhança do P30. É provável que venha também equipado com o EMUI 10, baseado no devido Android 10.

Kirin 990 será apresentado na IFA 2019

A IFA 2019 é um evento anual de tecnologia que se irá passar em Berlim, durante o mês de setembro. Várias marcas irão apresentar novidades, incluindo a Huawei, com o Kirin 990 e até outras novidades, como uns supostos óculos VR.

O Kirin 990 tem um processo de 7 nanómetros com litografia ultra-violeta, resultando numa eficiência energética e performance superiores. Além disso, o Kirin 990 já virá preparado com suporte ao 5G. Este será o processador de eleição para os topos de gama da Huawei em 2020.

HarmonyOS não vai estar presente no Mate X

O plano B da Huawei, conhecido por Harmony OS não vai estar em qualquer telemóvel em 2019, confirmou o vice-presidente da Huawei, Vincent Yang. A situação da empresa chinesa ainda continua por resolver, embora os Estados Unidos já tenham emitido uma segunda licença de 90 dias.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.