Huawei Mate X: lançamento global ainda não é uma certeza

Carlos Oliveira
Comentar

O Huawei Mate X é o primeiro smartphone dobrável da chinesa e está finalmente prestes a chegar ao mercado. Com o seu lançamento na China agendado para 15 de novembro, tudo aponta para que todos os problemas tenham sido resolvidos.

Contudo, nem tudo são boas notícias para quem vive fora desse mercado. Um porta-voz da Huawei referiu que o lançamento global do Huawei Mate X está "sob revisão".

"A nossa estratégia é baseada na implementação do 5G das operadoras em diferentes regiões. Para já, a Huawei irá disponibilizar o Huawei Mate X no mercado da China a partir de 15 de novembro. O plano para um lançamento global está em revisão."

Huawei Mate X

5G é uma das razões pelas quais o Mate X poderá não sair da China

Na declaração feita pelo porta-voz da Huawei, lemos que as redes 5G são a razão invocada para esta decisão ponderada. O Huawei Mate X chegará ao mercado com o processador Kirin 990, o que fará dele compatível com os novos padrões de conectividade móvel.

Ainda assim, o mesmo poderá funcionar em locais onde a rede esteja limitada ao 4G. Mas claro que seria ingrato estar a dar mais de 2000€ por um smartphone e não tirar total proveito das suas capacidades.

Além disso, os smartphones dobráveis são ainda um conceito muito verde e nem todos os utilizadores estão dispostos a dar tanto dinheiro por um exemplar. Isso certamente também irá pesar na decisão que a empresa irá tomar.

Ausência dos serviços Google também pesará na decisão final

Embora a Huawei não o tenha referido, os problemas que ela enfrenta com os EUA também estarão relacionados com o possível não lançamento global do Mate X. Atualmente, a tecnológica chinesa está impedida de usar os serviços Google nos seus equipamentos.

Tendo o Mate X sido apresentado em fevereiro, não sabemos se a Google já o aprovou. Se for esse o caso, então o Huawei Mate X poderá usar os seus serviços, tal como acontece com os Huawei P30.

Mas se este smartphone dobrável não os puder usar, torna-se muito difícil ter sucesso no mercado europeu. Veja-se o exemplo dos Mate 30, lançados sem serviços Google e que ainda não chegaram ao nosso mercado. O mesmo aconteceria com o Mate X, daí a empresa estar a equacionar o seu lançamento global.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.