Huawei Mate 30 bate recordes na Europa! Mesmo sem serviços Google!

Vitor Urbano
1 comentário

Depois de ser proibida de colocar serviços/aplicações Google nos seus smartphones, a Huawei parecia estar destinada ao fracasso na Europa, passando a focar-se principalmente na China. No entanto, novas informações reveladas pela empresa Canalys revelam números impressionantes.

De acordo com um executivo da marca, a família Huawei Mate 30 conseguiu vender mais de 7 milhões de unidades durante os primeiros 2 meses. Este valor representa um crescimento de 75% quando comparado com o mesmo período do ano passado.

Huawei Mate 30 Pro

O Huawei Mate 30 foi o primeiro a ser apresentado sem a presença dos serviços Google, parecendo óbvio que o seu sucesso na Europa estaria condenado à partida. Por isso mesmo, a marca demorou bastante tempo a lançar o smartphone na Europa, limitando-o apenas a alguns países.

Huawei continua a surpreender tudo e todos

Depois dos vários ataques do governo dos Estados Unidos, tudo indicava que a Huawei iria atravessar um período muito negro na sua história, vendo as vendas caírem a pique nos mercados europeus. No entanto, a marca está a continuar as suas atividades como nada se tivesse passado.

É verdade que o seu grande objetivo para 2019, ultrapassar a Samsung, será impossível de alcançar. No entanto, estão a conseguir manter os seus números de vendas estáveis, sem sofrer as grandes quebras que seriam de esperar.

Ainda que não cheguem equipados com serviços Google, parece que os fãs da Huawei são mais fieis do que se poderia pensar. Além disso, o grande crescimento apresentado na China durante este ano conseguiu equilibrar a "balança".

Huawei Mate 30 Pro cores

2020 poderá ser um ano muito positivo para a marca

Ainda antes do final do ano, espera-se que o governo norte-americano comece a emitir as muito faladas licenças especiais. Estas licenças vão permitir que determinadas empresas tenham autorização para realizar negócios com a fabricante chinesa.

Não existe ainda informação sobre quais as empresas que poderão receber estas licenças, mas espera-se que a Google esteja na linha da frente. Caso isso se confirme, é possível que durante o próximo ano a marca volte a poder integrar os serviços e Apps da Google nos seus smartphones.

Certamente que o regresso das Apps da Google iriam fazer com que a marca voltasse a ganhar um grande destaque nos mais variados segmentos de mercado.

Editores 4gnews recomendam:

1 comentário
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.