Huawei FreeBuds Studio: o primeiro olhar aos concorrentes do AirPods Studio

Carlos Oliveira
Comentar

A Huawei surpreendeu com o anúncio de que irá entrar no mercado dos headphones já na próxima semana. Aproveitando o evento de apresentação dos Mate 40, a chinesa vai ainda revelar os Huawei FreeBuds Studio.

Depois dessa notícia, é agora tempo de ficarmos a saber as principais características dos Huawei FreeBus Studio. Estas informações são cortesia da publicação Winfuture, que nos revela praticamente tudo o que precisamos saber sobre os concorrentes aos AirPods Studio.

Huawei FreeBus Studio

Huawei FreeBus Studio trarão cancelamento de ruído e outras características de topo

Em primeiro lugar, importa olhar para o design dos Huawei FreeBus Studio. Estes assemelham-se com muitos dos seus concorrentes, mas isso não desvaloriza a sua elegância.

Estes headphones serão vendidos em duas cores, tal como vemos nas imagens publicadas. Temos o convencional preto mate e ainda um dourado com tons de bege para os utilizadores mais arrojados.

Huawei FreeBus Studio

Olhando para as suas funcionalidades, algo que não poderia faltar é o cancelamento ativo de ruído. Segundo o que é informado, esta funcionalidade conseguirá reduzir os barulhos que te rodeiam até uns incríveis 40dB.

Houve espaço para a integração de um botão que rapidamente te possibilitará ativar ou desativar esta valorizada funcionalidade. Isso permitirá uma melhor gestão da bateria dos Huawei FreeBus Studio.

Por falar em bateria, estes headphones virão equipados com uma célula de 410mAh, que serão suficientes para 20 horas de reprodução de música. O seu carregamento será feito através de uma entrada USB-C, sendo que uma carga completa demorará cerca de 70 minutos.

Huawei FreeBus Studio custarão 400€ na Europa

Este será o valor a que os Huawei FreeBus Studio serão comercializados no nosso mercado. É um valor que não difere muito dos praticados por alguns dos seus principais rivais, portanto, os gostos serão importantes para o seu sucesso.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.