Huawei expulsou a Samsung do trono mesmo sem a ajuda da Google! Mas não vai durar muito

Vitor Urbano
1 comentário

Durante uma fase em que grande parte do mundo está a atravessar grandes dificuldades devido à pandemia da COVID-19, a Huawei parece ter aproveitado a oportunidade para surpreender tudo e todos. De acordo com as recentes informações publicadas pela IDC (International Data Company), a Huawei conseguiu finalmente ultrapassar a Samsung durante o segundo trimestre de 2020, tornando-se na maior fabricante de smartphones do mundo.

Numa altura em que todas as fabricantes (à exceção da Apple) apresentaram números de vendas negativos em comparação ao ano passado, a Huawei conseguiu impressionar com perdas bem mais baixas que a sua grande rival.

Huawei Samsung ranking liderança 2020

De acordo com a IDC, a Huawei conseguiu limitar-se a uma quebra de 5,1%, enquanto a Samsung foi a que mais sofreu o impacto da pandemia com uma quebra de quase 30%. Graças a esta queda da gigante, a Huawei passou a dominar o mercado dos smartphones com uma vantagem de apenas 0,5%.

Huawei cumpriu finalmente o seu maior objetivo, mas não será durante muito tempo

Depois de sofrer diversos ataques por parte do governo dos Estados Unidos e ser proibida de utilizar aplicações e serviços Google nos seus smartphones, poucos acreditavam que a Huawei iria conseguir alcançar o seu maior objetivo — ultrapassar a Samsung. O incrível apoio demonstrado pelos utilizadores na China têm feito com que a Huawei se consiga manter no topo do ranking de fabricantes e, graças às atuais condições atípicas, conseguiram mesmo assumir a liderança.

Huawei Samsung  venda de smartphones

No entanto, é importante realçar que a Huawei conseguiu saltar para a primeira posição principalmente porque, a Samsung viu o seu número de vendas cair a pique durante o segundo trimestre. Ainda que não seja garantido, é muito provável que os números voltem ao "normal" durante este trimestre, especialmente com a apresentação e lançamento do novo Samsung Galaxy Note 20 e novo modelo dos seus smartphones dobráveis.

Apesar dos grandes esforços da Huawei para conseguir recuperar a sua popularidade nos mercados internacionais, a ausência de serviços e aplicações Google continua a apresentar-se como um grande deal breaker para muitos utilizadores.

Será certamente interessante ver o que irão conseguir fazer para tentar manter esta liderança. No entanto, parece garantido que a Samsung volte a ocupar a primeira posição assim que a maioria dos países comece a voltar à normalidade.

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.