Huawei decidiu que era boa ideia copiar o Apple FaceTime! Conhece o "novo" MeeTime

Vitor Urbano
2 comentários

A Huawei continua a atravessar tempos muito complicados, especialmente nos mercados europeus. Ao longo das últimas semanas ficámos a conhecer algumas das suas soluções para compensar a ausência dos serviços e aplicações da Google.

A mais recente novidade é a sua aplicação Huawei MeeTime, criada para oferecer serviços de vídeo-chamada de alta definição para os seus utilizadores. No entanto, basta olhar para o seu nome e perceber qual foi a fonte de inspiração para esta aplicação, Apple FaceTime.

No entanto, não foi apenas o seu nome que serviu de inspiração, toda a interface da aplicação apresenta muitas semelhanças ao popular serviço de vídeo-chamada da Apple. Esquecendo o "exagero na inspiração", não há dúvida que esta será a altura perfeita para lançar uma nova aplicação para este segmento.

Quem vai ter acesso à nova aplicação Huawei MeeTime

De acordo com as informações publicadas, a aplicação passa a estar integrada nativamente na nova EMUI 10.1, que está a chegar gradualmente a todos os smartphones da fabricante. A aplicação foi desenvolvida para ser utilizada em smartphones, tablets e até mesmo em Smart TVs que tenham o sistema operativo da Huawei.

Para já, não há informação sobre a possibilidade da Huawei disponibilizar a sua aplicação para smartphones de outras marcas, ou até mesmo a possibilidade de lançamento de uma versão para iOS. No entanto, se tiverem como objetivo fazer frente aos gigantes Apple FaceTime e Google Duo, esse será o único caminho a seguir.

O que tem a MeeTime para oferecer?

Em primeiro lugar, obviamente que o grande objetivo da aplicação é oferecer chamadas de vídeo com a melhor qualidade possível. No seu vídeo promocional, prometem chamadas de alta qualidade com uma resolução 1080p, mas é demasiado óbvio que no vídeo em questão, todas as imagens foram fabricadas.

Além da boa qualidade de vídeo, mesmo em condições de luz desfavoráveis ou fraca ligação à internet, a MeeTime oferece ainda várias outras ferramentas. Curiosamente, nenhuma das suas funcionalidades parece ser realmente inovadora.

Os utilizadores vão poder partilhar o ecrã do seu smartphone, desenhar no ecrã ou enviar pequenas notas de texto para os outros utilizadores. O único ponto em que parece destacar-se da concorrência é o suporte para câmaras externas, que a tornam ligeiramente mais versátil.

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.