Huawei cria e lança mais um concorrente à Pesquisa Google!

Filipe Alves
Comentar

A Huawei continua a ferro e fogo na criação de soluções para o problema de falta de serviços Google nos seus produtos. Enquanto que na China esse não é um problema porque a Huawei já se implementou cedo (devido à ausência da Google no país), o resto do mundo é seriamente dependente do Google Maps, Pesquisa Google ou até YouTube.

Por isso a Huawei lançou mais um produto para combater a Pesquisa Google. Isto porque já não é a primeira vez que o faz. O "Petal Search" foi lançado este ano e o objetivo era idêntico mas com algumas diferenças.

O novo serviço da Huawei para combater a Pesquisa Google

Huawei pesquisa Google

Enquanto que o Petal Search oferecia respostas de pesquisa tirada de outros serviços como o Yandex ou Qwant, o novo serviço "Huawei Smart Search" é feito inteiramente pela fabricante.

O serviço é maioritariamente destinado ao mobile e quer replicar em qualidade aquilo que a Pesquisa Google já faz bem há muitos anos.

Quando fazes uma pesquisa terás a possibilidade de procurar:

  • Localmente: serviços ou produtos na tua área geográfica
  • Pesquisa completa: dá-nos respostas de artigos na Web, notícias, vídeos, apps...
  • Web: pesquisas só de artigos na web
  • Apps: pesquisas de aplicações para smartphone
  • Vídeo e Música: pesquisas com vídeo ou música anexado

Chegará esta ferramenta aos smartphones Huawei em Portugal?

Huawei pesquisa Google

Ainda é cedo para dizer qual é o objetivo da Huawei no segmento mobile. Ou seja, por muito que queiramos ver a Huawei a trazer uma concorrência forte como no passado, sabemos que isso não é possível (pelo menos para já) sem os serviços Google.

Assim sendo, teremos de esperar para ver. Gostava de ver a Huawei a crescer com os seus serviços na Europa, até porque a Google precisa de mais concorrentes, porém, não é tarefa simples.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.