Huawei ainda está a aguardar resposta dos Estados Unidos em relação ao Android

António Guimarães
1 comentário

Após a cimeira G20 onde os Estados Unidos e a China discutiram termos de comércio, Donald Trump afirmou que a Huawei está autorizada a comprar tecnologia americana novamente. Isto inclui empresas como Intel, Qualcomm e, mais importante, a Google.

Contudo, já se passaram alguns dias e apesar das afirmações Trump, ainda nada foi oficializado. A Huawei está à espera da aprovação do Departamento de Comércio dos Estados Unidos para que seja removida da 'lista negra'.

A Huawei já reconheceu as declarações de Trump

Tim Danks, vice-presidente do departamento de gestão de risco e relações da Huawei, afirmou que a Huawei tomou conhecimento das declarações de Trump. "Estamos à espera que o Departamento de Comércio oficialize a ordem do Presidente Trump para que possamos continuar as nossas relações com as empresas americanas", declarou Danks.

Até ser oficial, o banimento mantém-se

A Huawei continua proibida de negociar com empresas americanas e a sua licença de Android continua em standby. Telemóveis já lançados continuarão a ter acesso mas o futuro seria uma incógnita para a marca chinesa.

A licença de Android da Huawei irá terminar em agosto. Caso o Departamento de Comércio não oficialize esta decisão até lá, a Huawei será obrigada a manter o seu plano de criar o próprio sistema operativo.

Contudo, a cimeira G20 parece ter produzido bons resultados nas relações comerciais entre os Estados Unidos e a China. É pouco provável que Trump fosse fazer uma declaração tão importante no mundo da tecnologia para não cumpri-la logo a seguir.

Editores 4gnews recomendam:

1 comentário
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.