AH-Asus-HTC-logo

Há poucos dias atrás o presidente da Asus, Johnny Shih surpreendeu meio mundo, ao afirmar que a empresa estava a ponderar sobre a compra da congénere HTC. Agora surgem comunicados, tanto da criadora dos One como também do seu CEO, David Chang que nega a possibilidade da aquisição pela Asus.

Vais querer ler: OnePlus 2, Youtube Gaming, Microsoft smartwatch e mais no Diário 4GNews

   

A HTC considerou seu dever de evitar qualquer especulação sobre a aquisição pela Asus, e no site Bolsa de Valores de Taiwan surge um curto aviso da marca para os investidores, de acordo com o qual a empresa não realizou quaisquer negociações sobre a fusão com a Asus e não tem a intenção de realizar este tipo de negociações no futuro. A HTC prometeu ainda, que a empresa vai continuar a desenvolver a nível mundial ‘terminais inteligentes’. Cher Wang reforçou, que durante este ano a empresa vai lançar para o mercado, vários tipos de terminais, e entre eles será o novo smartphone “Hero”.

 

Podemos dizer que após o HTC One M9, a marca parece ter entrado numa espiral recessiva, e alguns investidores temem que esta, não seja uma crise temporária. Um especial indicador foi a da reacção nas acções, mesmo sendo um rumor na possível fusão HTC e Asus, o preço destas subiram imediatamente 10%. Para contrastar, na semana passada, a HTC teve uma queda de 50% no preço das acções, após o lançamento oficial do One M9. Muitas são as possíveis causas, entre elas seja o aquecimento apresentado pelo polémico Snapdragon 810, que tem surgido um pouco por todo lado, desde da Sony, Xiaomi entre outras empresas que optaram por esta SoC. Como também o desencanto pelo que o referido terminal veio trazer, pois este nada mais é que um ligeiro restyling e adição de mais potênciaa em relação ao anterior One M8.

Vê o porquê: HTC One M9 aquece como nunca antes em novo teste de resistência

A Asus, é mais conhecida como uma empresa fabricante de computadores, obtendo sucesso nesta area, no entanto, nos últimos anos, a empresa está a debruçar-se com mais afinco na produção de smartphones, e analistas de mercado, acreditam que em 2015, que a Asus faça subir a sua cota para 89%, tornando-se o fabricante com o mais rápido crescimento na área dos smartphones.

Será esta a primeira abordagem da Asus à HTC? Sinceramente creio que o panorama do mercado móvel está, a entrar numa nova era. Novas marcas, novas alianças e novos sistemas operativos, fazem desta área uma das mais atraentes na tecnologia.

 Talvez queiras ver:

Façam-nos crescer com a vossa participação, nas nossas publicações do site e redes sociais. Partilhem e comentem, ajudem a crescer a tecnologia falada em português e com este espírito de equipe.