hacker-4gnewsO termo hacker é utilizado nos meios de comunicação e em filmes de Hollywood para descrever alguém com altos conhecimentos de informática. Conhecimentos esses utilizados para explorar falhas de segurança e comprometer a integridade virtual de empresas ou indivíduos.

Contudo aproveito para esclarecer que existe uma distinção entre pessoas com conhecimento que o utilizam para encontrar falhas (muitas vezes a pedido de empresas) e as pessoas com o mesmo conhecimento que utilizam os seus “poderes” para o crime. Esses são os crackers e não hackers.

Terminologias à parte, desde a última sexta-feira que um hospital em Hollywood está a sofrer um ataque informático, tendo os seus sistemas sido completamente “raptados” por uma equipa de crackers ainda não identificada, apesar dos esforços do FBI.

   

hollywood-medical-center

Os funcionários do Hollywood Presbyterian Memorial Medical Center estão a ver-se obrigados a utilizar caneta e papel para registar os pacientes e todo o tipo de dados. Infelizmente, continuam sem acesso a registos médicos virtuais e serviços de email o que pode, em último caso, comprometer a saúde dos pacientes.

Os responsáveis pelo ataque estão a exigir 3.6 milhões de dólares ou 9,000 bitcoins em troca da chave de restauro do sistema. Estes ataques costumam ter algum tipo de mensagem activista ou de oposição ao “sistema” mas isto é pura e simples maldade a troco de dinheiro.

Talvez queiras ver: