Honor V40: conhece o design do primeiro smartphone pós Huawei

Carlos Oliveira
Comentar

Em novembro passado, a Huawei fechou o negócio de venda da sua então sub-marca Honor. Após um negócio cifrado nos 15 mil milhões de dólares, a Honor tem agora independência total para desenvolver e comercializar os seus produtos.

O primeiro fruto da era pós Huawei está prestes a ser lançado e ficará conhecido como Honor V40. Depois dos rumores, eis que surge um render que nos revela como será este dispositivo.

Honor V40

Honor V40 parece ter ainda alguma inspiração nos modelos da sua antiga casa mãe

Tal como se pode ver pela imagem acima, o Honor V40 terá um design normalmente associado aos topos de gama. Contamos com um ecrã curvo, com um punch hole para a câmara frontal e uma câmara quadrupla na sua traseira.

No entanto, estes traços fazem-nos relembrar de alguns modelos comercializados pela Huawei. Sobretudo o seu módulo redondo, na traseira, que nos remete para o Huawei Mate 40 Pro, por exemplo.

Apesar de ter cortado laços com a Huawei, parece que a Honor manterá a sua colaboração com a Leica para as suas câmaras. Isto porque se vê na imagem publicada uma menção a uma lente asférica da empresa alemã.

Honor V40 chegará no início de 2021

A venda da marca Honor ao conglomerado Shenzhen Zhixin New Information Technology Co. Ltd. atrasou os seus planos para o lançamento de novos smartphones. Exemplo disso é o Honor V40 que, sob a alçada da Huawei, deveria ter sido revelado perto do final deste ano.

Posto isto, espera-se que o Honor V40 seja oficialmente apresentado em janeiro de 2021. Este adiamento deu espaço para o desenvolvimento de algo novo e que poderá mudar a forma como encaramos esta marca.

É com expectativa que o mercado espera pelo lançamento do Honor V40. Este será um presságio do que esperar da marca para os próximos anos e da sua capacidade de se destacar das demais.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.