Honor 50 Pro será um dos melhores smartphones de 2021. Eis a razão

Rui Bacelar
Comentar

A menos de uma semana da apresentação oficial dos Honor 50 continuam a chegar informações dos dispositivos à Internet, mostrando que estes podem ser alguns dos melhores smartphones de 2021. O destaque vai para as câmaras fotográficas, mas há mais a descobrir.

Teremos pelo menos três novos modelos. A saber, o Honor 50, Honor 50 Pro, bem como o Honor 50 Pro+. Agora ficamos a conhecer o desempenho do modelo intermédio graças à partilha dos testes efetuados na aplicação de benchmark AnTuTu.

O Honor 50 é o próximo smartphone da antiga sub-marca da Huawei

Honor 50

Segundo as informações reveladas até à data, o Honor 50 Pro tem o número de modelo RNA-AN00, sendo equipado com o processador Snapdragon 778G da Qualcomm. Este é um doss mais poderosos processadores de gama média alta, provando-o na AnTuTu.

Este modelo foi testado recentemente e apontou a presença de 8 GB de memória RAM, além de 256 GB de armazenamento interno. O sistema operativo utilizado foi o Android 11 da Google, sem referência à interface usada, possivelmente a EMUI herdada da Huawei.

Importa ainda frisar que o Snapdragon 778G da Qualcomm tem uma frequência máxima de processamento a 2,4 Ghz no seu maior núcleo, tendo um total de 8 núcleos de processamento. É aqui acompanhado pela gráfica Adreno 642L.

Os resultados na AnTuTu mostram o poderio deste smartphone Android

Honor 50

Acima vemos a listagem da AnTuTu onde se confirmam várias das especificações técnicas deste smartphone Android. Veja-se, por exemplo, a menção dos 120 Hz no último campo da UX (interface), a taxa de atualização que caraterizará o ecrã do telefone.

O destaque, contudo, deve incidir sobre as câmaras fotográficas, principalmente sobre a principal. Esta, de acordo com algumas fugas de informação, pode vir dotada de um revolucionário sensor de imagem com até 1 polegada, algo inédito.

Ambos os smartphones terão carregamento rápido de 66 W e 100 W para os Honor 50 e Honor 50 Pro e Pro+, respetivamente.

A câmara fotográfica pode ser o seu maior ponto de venda

Honor 50
Imagens sugeridas para o Honor 50 Pro (esquerda) e Honor 50 (direita).

As fugas de informação apontam um sensor principal de 108 MP para o Honor 50 Pro, presente no primeiro círculo (superior). A objetiva pode ter uma abertura máxima de f/1,8, tendo o maior destaque.

O círculo inferior pode contar as duas câmaras auxiliares dotadas de objetivas ultra-grande angular e para desfoque de fundo, contudo, sem objetiva telefoto para zoom ótico.

Por sua vez, o Honor 50 pode optar um sensor principal de 50 MP para o círculo superior e as mesmas câmaras auxiliares no círculo inferior. Ambos os telefones podem ser apontados sobretudo para vloggers e ter trunfos exclusivos para vídeo.

Por fim, é no Honor 50 Pro+ que pode figurar o revolucionário sensor de uma polegada. É uma caraterística que tem sido apontada para os smartphones Huawei e, tendo em conta as dimensões do círculo superior, ajudaria a justificar o seu tamanho.

O Snapdragon 888 estará reservado para o modelo Pro+

Será também no modelo Pro+ onde poderemos ver o processador Snapdragon 888 da Qualcomm, atualmente o melhor SoC disponível para smartphones Android.

Estes serão os primeiros smartphones lançados pela Honor após a separação efetiva da Huawei. Representam, para a marca agora independente, o início de uma nova era, livre das sanções aplicadas à sua antiga casa-mãe.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.