Hack de uma caixa de multibanco levou a um roubo de 1 milhão de Euros

António Guimarães

Num mundo onde a tecnologia governa quase tudo à nossa volta é fácil alguém mal intencionado aproveitar-se de certas falhas. Principalmente quando se trata de dinheiro.

Na China, um trabalhador do banco teve a sorte grande quando encontrou uma falha nas caixas de multibanco. Essa falha permitiu-lhe "sacar" perto de 1 milhão de euros.

Qin Qisheng trabalhava no banco Huaxia em Beijing. Certo dia apercebeu-se que qualquer quantia levantada por volta da meia noite não ficava registada no sistema bancário.

Qisheng explorou a falha durante meses antes de ser apanhado

Nesse sentido e após descobrir essa falha de segurança Qisheng adicionou um "script" ao software do banco. Esse código evitaria a emissão de qualquer alerta em relação às actividades suspeitas.

Qisheng de seguida utilizou uma conta de teste para fazer vários levantamentos. Os valores variavam dos 5,000 aos 20,000 yuans. Em cerca de 14 meses, estima-se que o ex-colaborador levantou mais de 7 milhões de yuans, ou cerca de 911 milhões de euros.

O mais caricato é que o banco protegeu Qisheng, aceitando a sua explicação sobre o crime financeiro. O mesmo afirmou que estava apenas a testar o sistema, apesar do dinheiro ser transferido para a sua conta pessoal.

Em suma, esta brincadeira levou Qin Qisheng a receber uma sentença de 10 anos de prisão e ainda uma multa de 11,000 yuans (1,500€). A declaração final do banco foi contraditória pois afirmaram que embora o comportamento tenha sido uma violação das regras, os testes de Qisheng eram relevantes.

Seja como for, o banco eventualmente enviou um relatório ao tribunal a afirmar que a falha tinha sido corrigida. É pena que foi só após um criminoso passar mais de um ano a cometer fraude financeira debaixo das suas barbas.

Editores 4gnews recomendam:

Apple é acusada de bloquear os próprios carregadores

Android Q com ‘Dark Mode’ deixa-nos a sonhar cada vez mais

Samsung Galaxy Note 10 poderá chegar sem notch, ou ‘buraco’ no ecrã

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.