Grande fornecedora da Apple afirma que "produção está a voltar ao normal"

António Guimarães
Comentar

A Foxconn é uma das fornecedoras mais importantes da Apple e tal como muitas outras fábricas na China, a sua produção foi afetada pelo surto de Coronavírus. Contudo, o CEO da Foxconn afirmou ao South China Morning Post que a produção está "atualmente a exceder expectativas".

Durante o mês de fevereiro, a Foxconn teve de congelar a produção em algumas das suas fábricas na China e Vietnam, de forma a prevenir que o Coronavírus se espalhasse entre os funcionários. As mesmas fábricas já voltaram à produção e à normalidade, de acordo com o CEO.

Desta forma, caso as informações sejam verdadeiras, a Foxconn e as suas fábricas estão a voltar à normalidade, no que toca à produção. Estas são excelentes notícias para a Apple, que irá perder muito terreno no volume de fabrico caso a situação volte a agravar.

A maior preocupação está na falta de procura

O CEO da Foxconn não parece estar muito preocupado com o Coronavírus, visto que os níveis de produção estão a regressar à normalidade. Na verdade, o CEO está com receio em relação à procura por iPhones nos Estados Unidos. A produção voltou ao normal, mas se a procura for baixa, haverá prejuízo para a Apple e as fornecedoras.

Depois da China, os Estados Unidos são o maior mercado para a Apple. Assim sendo, se o mercado norte-americano começar a vacilar, a Apple terá um problema nas mãos. Na China, por exemplo, as pessoas já tem medo de sair à rua por causa do Coronavírus, levando a pouco fluxo nas lojas.

Editores 4gnews recomendam:

  • Apple adia o lançamento do iPhone 9 (SE 2)! A razão não te vai espantar

  • Apple limita testes a AirPods e Apple Watch nas lojas por receio do Coronavírus

  • Apple continua a liderar um mercado em claro crescimento. Conhece os pormenores
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.