Google vai ser investigado por 48 estados americanos em práticas anti-concorrência

António Guimarães
Comentar

Advogados de 48 estados dos Estados Unidos da América anunciaram uma investigação massiva contra a Google. Esta investigação tem como objetivo determinar de uma vez por todas se a Google tem praticado táticas anti-concorrência, ilegais no país.

A investigação vai começar por analisar o negócio de publicidades da Google, que é essencialmente a maior fonte de rendimentos da empresa. Além disso, através da plataforma AdSense, a Google domina praticamente o sistema de publicidades e pesquisa na internet.

É esse tipo de domínio que a investigação pretende avaliar. A Google também é acusada de alterar resultados e classificações de pesquisa de modo a beneficiar os seus próprios serviços, além de não proteger as informações dos utilizadores devidamente.

Exemplos de possíveis práticas anti-concorrência da Google

Recentemente, o site de letras de música Genius acusou a Google de roubar o seu conteúdo para colocar nas pesquisas, negando assim tráfego valioso ao site, ao atribuir o resultado da pesquisa diretamente na página. É claro que resultados rápidos satisfazem o utilizador mas não deve ser feito desta forma.

Ainda mantendo-nos no mundo da música, a plataforma de streaming Spotify também não está satisfeita com a Google. O Spotify já acusou várias vezes a Google de não ser transparente com os dados dos utilizadores e não ser 'neutra', dando prioridade aos seus serviços musicais por cima do Spotify.

Esta insatisfação extende-se também à Apple e a razão é bastante clara: a Apple e Google são donas das maiores lojas de aplicações do mundo. Assim sendo, as empresas que querem ter as suas apps nas lojas acham injusto ter de competir com serviços das proprietárias das lojas.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.