Google quer acabar com as chamadas indesejadas no teu Android. Sabe como

Bruno Coelho
1 comentário

Uma das grandes batalhas da aplicação de Telefone da Google tem sido contra as chamadas indesejadas que os utilizadores recebem. O chamado ‘spam’ é uma preocupação, e uma nova medida pretende acabar com esse problema.

A Google prepara-se para adicionar à sua app aquilo que apelida de ‘chamadas verificadas’. Isto significa que os utilizadores poderiam saber a razão da chamada de determinado negócio, antes de terem de atender.

Na sua página de suporte, a Google refere que as chamadas verificadas pretendem ajudar os consumidores a saber mais sobre estas antes de terem de atender. Mas a iniciativa terá de partir do lado dos negócios.

Utilizador verá o nome e logo do negócio, e o motivo da chamada

Este género de chamadas verificadas apenas vai chegar de negócios que passaram pelo processo de verificação da Google. Assim o utilizador verá o nome e o logo do negócio, assim como o motivo pelo qual está a ser contactado.

Para que tal aconteça, os negócios em questão terão de enviar a informação da sua chamada para um “servidor seguro da Google”. Essa mesma informação será apagada minutos após a chamada ter sido feita.

Esta é uma funcionalidade que devia tornar-se padrão no futuro. Quantas vezes recebemos chamadas de números anónimos/desconhecidos, e não sabemos a razão. Com a devida verificação da Google teremos toda a propriedade para aprovar ou rejeitar a chamada.

Comunicado da Google sobre as chamadas verificadas

Antes de ires, descobre os melhores comandos para a Assistente Google, já em português de Portugal. Aproveita ainda para descobrir os easter eggs que a Google escondeu no seu motor de busca.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.