Google estreia plataforma que transforma as tuas palavras em poesia

Bruno Coelho

A Google Arts & Culture lançou aquilo a que chama PoemPortraits. Juntando inteligência artificial e poesia, esta plataforma traz linhas de poesia até às fotografias de quem queira participar.

Os poemas são compostos por inteligência artificial, e para os gerar tens de escolher uma palavra. Em homenagem à 4gnews, ‘genius’ foi mesmo a palavra que escolhi para experimentar a funcionalidade. No vídeo em baixo, podes ver como tudo funciona.

O PoemPortraits leva-te até à poesia do século XIX

Basicamente a palavras que escolhas vai ser usada como inspiração para a construção do poema através da inteligência artificial. Para tal, foi necessário que o sistema apreendesse mais de 20 milhões de exemplos de poesia do século XIX.

Olhando para o resultado final, parece que estamos entre um filtro da Retrica e do Instagram. No entanto, se quiseres experimentar por ti mesmo, podes aceder ao PoemPortraits a partir do link que te deixarei abaixo.

Experimenta o PoemPortraits

google poem portraits

Apenas serão geradas duas linhas de poesia através da palavra que escolheres. Além disso, podes decidir ou não dar permissão para o acesso à tua câmara. Aí, serás o objeto do tal filtro supramencionado.

Obviamente que esta é um tecnologia embrionário e certamente não pretende substituir humanos na escrita. Contudo, para quem queira apenas estar à margem da aleatoriedade, e queira explorar as potencialidades da IA a este nível, é uma boa forma de o fazer.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.