Google Maps prepara mais uma medida para te informar em tempo de COVID-19

Filipe Alves
Comentar

O Google Maps prepara-se para te dizer quais os negócios que estão ou não abertos em tempo de quarentena. Depois de lançado o Estado de Emergência em muitos países do mundo, muitos negócios decidiram encerrar as portas temporariamente ou então reduzir o horário.

Porém, para aqueles que normalmente olham para o horário de um negócio no Google Maps antes de ir a determinado local, este horário pode muito bem estar errado.

Google Maps deixa-te alterar o horário em tempo de COVID-19

Assim sendo, os utilizadores de "Google Business", terão a possibilidade de conseguir alterar o horário do seu negócio na sua página. Esta mudança aparecerá depois para todas as pessoas que queiram saber se o estabelecimento está, ou não aberto.

Ainda assim, terás a possibilidade de informar os teus clientes que este novo horário (ou encerramento) é apenas temporário. Isto para que não exista confusão no futuro e os teus clientes pensem que fechaste o negócio de vez.

Se tens um negócio registado no Google Business, salta nesta página e segue os passos para alteração do horário para as pesquisas Google.

Google trabalhará com governos para saber estas alterações

Ainda assim, espera-se que muitas empresas não alterem o seu horário para o novo e temporário. Por isso mesmo a Google trabalhará com alguns governos de forma a conseguir implementar este novo horário nos negócios mais relevantes de cada zona.

Em Portugal não sabemos até que ponto é que teremos estas alterações por parte da Google nos negócios mais pequenos. Contudo, consigo imaginar uma retificação de horário nos hipermercados onde a procura tem sido maior.

Editores 4gnews recomendam:

  • Carro elétrico da Citroën que custa 6900€ prestes a entrar em pré-venda
  • Google, Nokia e LG querem fugir ao Snapdragon 865. Sabe porquê
  • Executivo da Realme mostra ao mundo o primeiro smartwatch da marca
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.