Google Chrome continua com intenções de bloquear Adblockers

Filipe Alves
Comentar

Se utilizas Adblocker no teu Google Chrome fica a saber que essa extensão está prestes a terminar. Pelo menos esse é o objetivo da Google nas próximas atualizações das API do Google Chrome.

A Google tem vindo a melhorar a forma como vemos as publicidades no seu browser, contudo, acredito que possamos concordar que ainda não faz o melhor trabalho no ramo.

Publicidades que a Google já não permite

  • Publicidades em Pop-up
  • Vídeos com som ativo
  • Publicidades que bloqueiam conteúdo
  • Publicidades que abrem outras páginas
  • Publicidades com mais de 30% do ecrã
  • Publicidades com imagens "flash"
  • Publicidades escondidas "dentro de um clique"

Pubs Google

Publicidades são o ganha pão da Google

Uma empresa que vive de publicidade não quer ver o seu crescimento impedido por Adblockers. Até aqui é ponto assente. Certamente por isso é que a empresa de Mountain View começou a implementar uma quantidade de regras para as suas publicidades. Regras que se os websites não cumprirem, serão banidos da possibilidade de rentabilizar o seu local na internet.

O próximo "manifesto V3" que sairá para as API do Google Chrome tirará a possibilidade aos desenvolvedores de criar Adblockers como os conhecemos.

Ainda que não sejam conhecidos os detalhes sobre esse manifesto, a Google voltou a referir no seu fórum que "O Google Chrome está a desativar os recursos de bloqueio da API webRequest no Manifest V3". Ou seja, esse mesma API que nos dá a possibilidade de instalar um Adblocker.

Google continua a não concordar com publicidades intrusivas

Publicidades

Mas nem tudo é mau. Ainda que a Google desative todos os Adblockers do Chrome, a sua visão de publicidades é de qualidade. Ou seja, por muito que vejas publicidade, as mais irritantes serão bloqueadas pela própria Google.

Em suma, não sabemos o dia de amanhã. Para já a empresa de Mountain View continua de pé firme ao bloquear essa API e, consequentemente, os Adblocker. Mas só saberemos como será o Chrome depois desta implementação.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.