Google Assistant traz novas vozes! Mais realista que nunca

Filipe Alves
Comentar

A Google Assistant (ou assistente Google) é uma das ferramentas mais impressionantes do momento. A assistente consegue fazer múltiplas tarefas e, além disso, deixar a tua casa um pouco mais inteligente.

Contudo, ainda que a evolução da Google Assistant tenha sido considerável nos últimos anos, continuamos basicamente com as mesmas vozes desde o lançamento. Algo que está prestes a mudar.

Google revela novas vozes para a Google Assistant

Hey Google Google Assistant

A Google referiu no seu blog oficial que a Google Assistant terá novas vozes. O objetivo é claro, fazer do discurso mais humano, e compreensível.

Ou seja, a voz é muito mais natural que a que temos atualmente. Não temos as "pausas robóticas" (vamos chamar-lhe desta forma) que nos fazem aperceber que realmente se trata de uma máquina a responder.

A empresa só revelou uma das duas vozes que chegará à assistente. Podes ouvir a nova voz aqui.

A Google já tinha referido no passado que estaria a trabalhar nesta mudança. Contudo, era uma decisão difícil. Até porque a empresa queria continuar a transparecer aos utilizadores que estavam a falar com uma máquina e não um humano. Porém, parece que as ideias mudaram. A nova voz da Google Assistant é idêntica às que vimos no Google Duplex.

O Google Duplex é um projeto da empresa que faria da assistente ligar para restaurantes (por exemplo) para reservar uma mesa. A voz era idêntica à de um humano. Aliás, até os típicos "hum, e ham" faz.

Como podes ver no vídeo, o Google Duplex poderia perfeitamente passar por um humano. Certamente é esta implementação que veremos na Google Assistant. Uma voz mais humana e compreensível.A novidade está a chegar aos dispositivos com Google Assistant. Agora só nos resta esperar.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.