GitHub - Tudo aquilo que é pensado depois da aquisição da Microsoft

Pedro Henrique

Microsoft GitHubGitHub foi a empresa que a Microsoft adquiriu há umas semanas por 7,5 mil milhões de dólares. A aquisição ainda faz levantar algumas questões, mas a verdade é que nem tudo é o que parece.

Com efeito, com base na informação disponibilizada pelo The Verge, o que é certo é que, em primeiro lugar, nem todos vêm a aquisição da empresa por parte da Microsoft como algo mau. Muito pelo contrário. Em primeiro lugar, há a questão do passado da empresa de Redmond.

Vê ainda: Ozark – Série da Netflix regressará no mês de agosto

De facto, na Era de Steve Ballmer, o software open-source nem sempre foi referenciado com as melhores palavras. Porém, tal como foi dito anteriormente, essa postura integra o passado da empresa.

Por outro lado, há ainda a questão que, para a GitHub, é a mais dramática. A aquisição por parte de uma gigante tecnológica era inevitável. Sem dúvida. A grande questão seria: por quem?

Microsoft e GitHub frisam o exemplo de aquisição amigável...

Pelo menos, é isso que afirmam alguns dos seus colaboradores, que dizem que seria apenas uma questão de tempo até que a Microsoft, Google ou Facebook atuassem dessa forma.

A parte da aquisição, por sua vez, passa, portanto, pela falta de obstáculos enfrentados pelas gigantes tecnológicas na compra de outras empresas. Isto é, algo que só conduz à monopolização do mercado, ainda que num estado menos puro do que aquele que a própria palavra indica.

Por último, há ainda a questão do rumor sobre a tentativa falhada da Google em ter adquirido a empresa. Teoricamente, a negociação existiu, mas lá está, não chegou a bom porto.

Agora, só o tempo dirá se a Microsoft conseguirá tirar todo o proveito da junção com a GitHub. Veremos.

Fica, por isso, atento(a) às notícias aqui, em 4gnews.pt, para que não percas nenhum detalhe acerca de tudo aquilo que é a tecnologia falada em português.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Samsung poderá falhar os 350 milhões de smartphones vendidos em 2018

Qualcomm Snapdragon 855 deverá ser produzido pela TSMC em 7nm

iPhone X Plus – O mais caro e promissor smartphone da Apple?

Fonte

Pedro Henrique
Pedro Henrique
Fã incondicional de tecnologia e cultura quer partilhar o conhecimento adquirido com todos.