Futura versão do Tesla Roadster terá uma autonomia inacreditável

Carlos Oliveira

Na sequência da apresentação de novas versões dos Model S e Model X, Elon Musk deixou-nos uma dica do que esperar da próxima versão do Roadster. Segundo o CEO da Tesla, a próxima versão deste carro desportivo terá uma autonomia acima dos 1000 Km.

A confirmarem-se estes valores, o futuro Tesla Roadster será um verdadeiro campeão em termos de autonomia. Este alcance será superior ao registado em qualquer outro carro elétrico nos dias que correm.

Tesla Roadster

O atual modelo do desportivo da Tesla possui uma autonomia de cerca de 997 Km. O diferencial pode não ser absurdo entre uma versão e outra, mas será certamente mais um marco para a empresa de Elon Musk.

Futuro Roadster terá ainda mais autonomia que o atual modelo

O Tesla Roadster foi oficialmente apresentado em finais de 2017, mas ainda não começou a chegar aos consumidores. De facto, espera-se que este carro desportivo apenas comece a ser distribuído no próximo ano.

Estamos a falar de um carro elétrico que custa cerca de 200.000 dólares. Não é um carro para qualquer carteira, mas quem tiver orçamento para o comprar terá uma verdadeira máquina de corrida na sua garagem.

O Tesla Roadster oferece uma aceleração capaz de o levar dos 0 KM/h aos 100 Km/h em apenas 1.9 segundos. Como se isso não fosse o bastante, possui uma velocidade máxima de 400 Km/h.

Estes são já números arrebatadores, mas que certamente serão ultrapassados assim que a nova versão seja apresentada. È, no entanto, ainda muito cedo para que tal aconteça.

Em primeiro lugar, a Tesla quererá colocar este carro nas mãos dos condutores e só depois começará a pensar mais seriamente no seu sucessor. Mas se as coisas continuarem neste ritmo, teremos um carro cada vez mais próximo de poder concorrer na Formula 1.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.