Fitbit e Garmin processadas por infringir patentes. Entende

António Guimarães
Comentar

Conforme avança a Reuters, está a decorrer um processo na Comissão Internacional de Comércio dos Estados Unidos em relação à Fitbit e Garmin. O processo, motivado pela Philips, alega que ambas as fabricantes infringiram patentes na venda dos seus equipamentos de monitorização como smartbands e relógios desportivos.

As patentes infringidas referem-se à monitorização de atividade desportiva, relatórios de alarmes e outras funcionalidades normalmente presentes nestes relógios. Em resposta às alegações, a Fitbit declarou que "não tem qualquer mérito e é um resultado do falhanço da Philips em singrar no mercado de wearables".

São certamente palavras fortes por parte da Fitbit. Já a Garmin ainda não se pronunciou sobre o assunto. O caso ainda está a ser analisado pela Comissão, para determinar se é necessário avançar com uma investigação mais profunda para apurar a veracidade das alegações feitas pela Philips.

Philips já batalha com a Fitbit e Garmin há 3 anos

De acordo com as declarações da Philips, a empresa já anda a discutir questões de propriedade intelectual com a Fitbit e Garmin há 3 anos. No entanto, nunca conseguiram chegar a um consenso, levando a esta situação.

A Philips entretanto adicionou que lamenta que o respeito que a empresa tem pelas patentes e propriedades intelectuais alheias não seja recíproco por parte da Fitbit Garmin. Assim sendo, só existe uma forma de resolverem esta disputa, levando as empresas a tribunal.

Google está em processo de comprar a Fitbit

Em novembro, a Alphabet (conglomerado proprietário da Google) anunciou a compra da Fitbit. Este negócio tem um valor de 2.1 mil milhões de dólares e pode ser uma ajuda significante no desenvolvimento de wearables da Google.

No entanto, a compra ainda não foi finalizada. Esta situação com a Philips pode muito bem afetar a situação e prolongar mais a compra final da empresa, afetando todas as partes envolvidas.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.