FedEx recusa-se a fazer entrega de Huawei P30 Pro

António Guimarães
6 comentários

A revista americana PCMag tentou enviar um Huawei P30 Pro do Reino Unido para os Estados Unidos mas sem sucesso. Isto porque a transportadora FedEx recusou-se a completar a entrega.

Assim que a encomenda chegou aos Estados Unidos, foi 'recambiada' para trás, com uma nota a justificar a devolução. A nota dizia "pacote devolvido pela FedEx devido à situação do governo americano com a China e Huawei".

huawei pack

A FedEx parece querer evitar Huawei a todo o custo

Na sequência desta situação, o apoio ao cliente da FedEx simplesmente respondeu citando a proibição da Huawei fazer negócio com empresas americanas. No entanto, esta justificação não faz muito sentido pois enviar um telemóvel Huawei do ponto A para o ponto B não é de todo 'fazer negócio'.

Inclusive, uma representante da Huawei respondeu à publicação da PCMag no Twitter, onde originalmente reclamaram sobre a situação. A mesma afirma que a FedEx interpretou mal a ordem de proibição.

This is a complete misinterpretation of the EO/EL.

— Teri Daley (@TeriDaley) 21 de junho de 2019

Parece que a FedEx quer simplesmente evitar ter o nome Huawei associado à sua empresa de todo, apesar de se tratar de uma simples encomenda. Outras empresas de transporte parecem não se importar como a UPS, por exemplo.

Seja como for, este é um exemplo de acções levadas ao extremo por parte das empresas. Trata-se de um serviço de transportes que tem a responsabilidade de entregar as encomendas dos clientes, desde que a encomenda cumpra as regras de segurança. Era um Huawei P30 Pro, não um Samsung Galaxy Note 7.

6 comentários
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.