Family Link: aplicação Android fica ainda melhor com novas funcionalidades!

Filipe Alves
1 comentário

Se tens um filho e queres controlar o tempo que ele utiliza o smartphone Android, nada melhor do que a aplicação da Google chamada Family Link.

Esta aplicação permite definires o tempo em que o jovem passa no smartphone. Consegues definir o tempo e perceber quais as aplicações que ele mais utiliza no smartphone. A nova atualização dá-te ainda mais possibilidade

Gere o tempo em cada aplicação no Family Link

Com a próxima atualização, que chegará em breve à Google Play Store, poderás definir quanto tempo o jovem passa em cada aplicação. Ou seja, dar tempo a cada App que consideres vantajosa para a sua utilização.

Aplicação family Link

Ademais, se o jovem decidiu fazer lavar a louça no final do dia, podes sempre dar um "bónus time". Isto é, podes clicar no novo botão e liberar o smartphone por mais algum tempo. Seja em determinada aplicação ou em todas elas.

Family Link é grátis na Google Play Store

Esta aplicação é grátis e uma das melhores que podes ter para controlar a utilização dos mais jovens. Todos sabemos que esta juventude que nasceu na Era de smartphones não tem uma noção concreta do quão prejudicial este mundo pode ser.

Os smartphones aproximaram as pessoas de todos os cantos do mundo, contudo, também fizeram que a interação com os mais próximos fosse reduzida.

Não sou o único que entra num café e sente a diferença de "com" e "sem" os smartphones. As conversas não são tão assíduas e os temas são mais "viste o que disse no Facebook".

Ainda que adore tecnologia, já há muito que venho a dizer para os nossos leitores "olharem para cima". Este é o exemplo do vídeo que lançamos no início do ano sobre o Huawei P30 Pro.

Editores 4gnews recomendam:

1 comentário
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.