Facebook: Mark Zuckerberg tem quatro ideias para regular a internet

Bruno Coelho

Mark Zuckerberg lançou um editorial. Aí, o CEO do Facebook fala sobre quatro aspetos que, no seu entender, podem ser vistos como boas formas de regular a internet. Zuckerberg diz que “os governos e os reguladores precisam de um papel maior”, de forma a combater as ameaças à plataforma.

Em primeiro lugar, Zuckerberg acredita que os governos devem estabelecer “linhas basilares” para o conteúdo online. Além disso, devem requerer filtros para minimizar as chances de conteúdo “vil” chegar à plataforma. Até porque, segundo este, o Facebook não deveria tomar tantas decisões sobre o “discurso por si só”.

mark zuckerberg facebook

O CEO do Facebook quer regulações que estabeleçam “padrões comuns”. Assim, devendo ser verificadas as pessoas por detrás de anúncios políticos. O termo usado é “estrutura globalmente harmonizada” para a privacidade, semelhante à GDPR da União Europeia, sem levar a uma internet “fraturada”.

O que pode mudar com as palavras de Zuckerberg?

Zuckerberg foca, neste editorial, um ponto muito importante. Este espera uma garantia da portabilidade de dados entre serviços. Ou seja, deve ser claro quem está a proteger a informação quando esta se desloca entre serviços. Resta saber até que ponto este editorial muda alguma coisa.

mark zuckerberg facebook

Em primeiro lugar, as propostas de Zuckerberg parecem bastante vagas. Depois, o Facebook até pode querer isto ou aquilo, mas é necessário que tenha uma mão cheia de países para cooperar, e tal avizinha-se complicado. É tudo uma questão de efetividade e da forma como os governos olharão para esta matéria.

Embora as propostas de Zuckerberg possam ser um bom ponto de partida, será necessário muito mais que palavras para as pôr em prática. Além disso, os governos poderão entrar em desacordo nos detalhes mais pequenos. Até porque Zuckerberg não goza das melhores reputações.

Editores 4gnews recomendam:

Via | Fonte

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.