iphone-se-40

O iPhone SE pode ter sido muito criticado pela sua falta de originalidade, mas temos de admitir que foi uma jogada muito interessante por parte da Apple.

Como já deves saber o smartphone não tem, nem teve na data de lançamento, muita popularidade no mercado Europeu e Americano, contudo, o mercado Chinês parece que está a adorar.

   

Vê ainda: Trackpad com textura de madeira? Patente da Apple promete tal proeza

A população Asiática e Indiana são conhecidos por serem ávidos consumidores de tecnologia e este iPhone foi feito a pensar nisso mesmo, (não acredites quando o Tim Cook referiu que é para consumidores que não gostam de ecrãs grandes). Também, mas não só.

O maior foco de vendas é sem dúvida o mercado Asiático e o facto do smartphone ter o logo da Apple e ser relativamente bem mais barato que o flagship faz dele mais considerável.

iPhone SE

Segundo a DigiTimes, os fabricantes Chineses de equipamentos de gama-média como a Huawei, Xiaomi ou mesmo a Oppo, já sentem a entrada do iPhone SE no mercado. De acordo com o referido, fornecedores de partes (tipo câmaras ou leitores de impressões digitais) conseguem observar uma reação regressiva no mercado. Depois do prometedor ano de 2015 as empresas apostaram muito em 2016, neste momento estão abaixo 20 a 30% daquilo que era esperado.

O iPhone SE pode ser questionável, mas a redução de valor, boas especificações e o logo da maçã trincada fazem dele o fruto proibido, em setembro certamente teremos números mais concretos relativamente às vendas dos bad boys e aí sim vamos perceber o impacto dele no mercado.

Talvez queiras ver:

ViaTechnobuffalo
FonteDigitimes
Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.