Exclusivo: Fotos hands-on do Elephone P9000, o próximo topo de gama da...

Exclusivo: Fotos hands-on do Elephone P9000, o próximo topo de gama da Elephone

Partilha o artigo

Elephone P9000 1Os nossos contactos voltaram a referir algo de interessante, num novo exclusivo da 4GNews e da Efox.com.pt, chega-nos às mãos, esta série de fotografias do smartphone Elephone P9000, o próximo topo de gama da marca #chinaaopoder Elephone que ainda há cerca de um mês lançou o Elephone P8000 com leitor de impressões digitais e especificações de topo mas, pelos vistos, a marca já está a trabalhar no seu sucessor!

Este Elephone P9000 deverá ser anunciado oficialmente no dia 20 de outubro e o seu preço deverá rondar os 499$, provavelmente com conversão directa para euros, um valor algo elevado para uma marca #chinaaopoder que, no entanto, tem crescido a olhos vistos e a qualidade dos seus produtos tem acompanhado essa evolução.

Depois do nosso exclusivo do BlackBerry Passport com Android Lollipop e tantos outros, é chegada a vez deste Elephone P9000, um smartphone que deverá incorporar o processador MediaTek Helio X20 com 10 núcleos de processamento que promete consumir até 40% menos bateria do que os rivais e, consequentemente, aquecer bastante menos, (esta alfinetada é para o Snapdragon 810). O processador conta ainda com tecnologia Tri-Cluster que adapta mais eficazmente o consumo de energia ao tipo de tarefas exigidas ao processador.

Helio X10

Além deste processador da MediaTek, o Elephone P900 contará com 4 GB de memória RAM, 32 GB de armazenamento interno, um ecrã com 5.5 polegadas e resolução FullHD (1920×1080 pixels), uma câmara traseira de 20,7 MP, o sensor Sony IMX230, câmara frontal de 8 MP, além de uma bateria de 3100 mAh e o Android 5.1 Lollipop pré-instalado. Assim já se começa a compreender e justificar o seu preço mais elevado.

Deixo-vos com o nosso exclusivo de fotos hands-on deste Elephone P9000.

Talvez queiras ver:

Partilha o artigo
Ao contrário de muitos “tech bloggers” a minha paixão por tecnologia é relativamente recente. Posso dizer que até ao aparecimento dos verdadeiros smartphones, encarava os telemóveis como máquinas de trabalho, apenas para as funções básicas. Mas tudo mudou desde que tive o meu primeiro Android e dei por mim fascinado com o poder que tinha em mãos! O que começou por ser uma mera curiosidade, tornou-se numa verdadeira paixão!

DEIXE UMA RESPOSTA