Este é o smartphone mais vendido no mercado mais lucrativo do mundo

Mónica Marques
Comentar

O mercado chinês de smartphones é o maior do mundo, assim como o mais competitivo e lucrativo. Por isso, este mercado tem uma relevância sem igual para todas as marcas.

Mas quem é o rei de vendas na China? De acordo com o último relatório da Counterpoint Research, a Apple domina o mercado mais lucrativo de todo o mundo.

Apple mantém-se na liderança dos mais vendidos há seis semanas consecutivas

Counterpoint
No mercado chinês, a Apple ultrapassou a Vivo e a OPPO Crédito@Counterpoint

O mercado chinês é o maior do mundo e, consequentemente, o mais lucrativo e competitivo. Por estas razões, todas as marcas de smartphones têm um estratégia definida especialmente para este país, na qual se inclui a disponibilidade de modelos em exclusivo.

Obviamente, todos querem sair vencedores na arena das vendas, mas apenas um pode ser considerado o smartphone mais vendido no mercado mais lucrativo do mundo. E é a Apple que recebe este título tão lucrativo.

Segundo os últimos dados divulgados pela empresa Counterpoint Research, o iPhone 13 é o smartphone mais vendido no mercado chinês. Aliás, ocupa esta posição há já seis semanas consecutivas. O que são ótimas notícias para a norte-americana Apple que, além da receita obtida com as vendas, pode também lucrar na sua cotação em bolsa.

De acordo com o relatório da Counterpoint Research, em outubro de 2021 a Apple assumiu o topo das vendas de smartphone na China, perdendo a liderança pouco depois. Mas no início de dezembro voltou ao primeiro lugar e mantém-se aí, desde então.

iPhone 13 representa 51% de vendas para a Apple

Counterpoint Research
O iPhone 13 mini é o modelo com menos sucesso no mercado chinês Crédito@Counterpoint

Ainda segundo a mesma empresa, o preço inicial do iPhone 13 na China, assim como algumas especificações como as câmaras e o suporte 5G, estão a contribuir para o sucesso da Apple, no mercado mais lucrativo do mundo.

Mas o relatório da empresa é mais pormenorizado e avança que o iPhone 13 representa 51% das vendas naquele país enquanto que o iPhone 13 Max é responsável por 23%. DE seguida, surge o modelo Pro com 21% das vendas, sendo que o iPhone mini tem o contributo de apenas 5%.

Vendas globais do iPhone 13 ultrapassam todas as perspetivas previstas

iPhone 13
A época do natal aumentou significativamente a procura pelo iPhone 13

Mas parece que não é apenas na China que o iPhone 13 está a ser um campeão de vendas. De acordo com informações divulgadas, logo no início deste ano, a Apple conseguiu vender 40 milhões de unidades do seu smartphone mais recente.

E ainda que vários rumores afirmem que a empresa de Cupertino reduziu a produção de iPhone anteriores, parece que a empresa conseguiu obter um recorde de vendas, no último trimestre de 2021, graças à estratégia de concentrar os seus esforços nos equipamentos mais recentes.

O iPhone 13 supera assim todas as expetativas de venda, sendo que os analistas avançam que a procura continua a ser superior à oferta. Como tal, prevê-se que a Apple mantenha este rimo (e lucro) de vendas no primeiro trimestre de 2022.

E se em março a empresa avançar mesmo com o lançamento da versão SE do iPhone, o segundo trimestre de 2022, pode trazer um novo recorde de vendas à Apple. Afinal estamos a falar de uma versão mais básica do iPhone com um preço mais acessível. E este último fator deve ser o suficiente para garantir o sucesso.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.