Esta pulseira dá-te choques para te ajudar a perder maus hábitos

António Guimarães
Comentar

Para quem precisa de incentivos extremos para perder maus hábitos existe a pulseira Pavlok 2. Este é uma pulseira que te castiga com um choque de 350 volts cada vez que te 'portas mal'. Essa voltagem é equivalente a um choque de eletricidade estática que por vezes apanhamos no dia a dia.

A Pavlok 2 afirma-se como uma ferramenta útil para largar hábitos como roer as unhas, fumar, ver televisão ou estar no computador durante horas. Contudo, tu é que tens de dar o choque a ti próprio caso quebres as regras pois a pulseira não tem forma de saber.

pavlok 2

A única maneira da Pavlok castigar-te é com os teus hábitos de sono. Caso precises de acordar a uma hora específica, podes configurar um alarme na pulseira que irá dar-te o choque para acordares.

Se tiveres amigos de confiança podes ainda dizer-lhes para instalar a app Pavlok para que sejam eles a dar-te o choque no caso de voltares a cair em maus hábitos.

A pulseira custa 400 euros e tem péssimo feedback

Na sua página de produto da Amazon, a Pavlok 2 possui péssimas análises por parte de pessoas que compraram e utilizaram a pulseira. Utilizadores indicam que a componente de alarme não funciona, o choque deixa de funcionar após uns dias ou que a pulseira parte-se com facilidade.

Além disso, vamos constatar o óbvio: pagar 400 euros por um instrumento de auto-tortura é uma péssima ideia. Caso queiras livrar-te de um mau hábito, certamente há melhores formas de gastar o teu dinheiro. Uma das melhores formas de melhorar a nossa vida é através do exercício físico. Assim sendo mais vale subscreveres a um ginásio.

Para pessoas com vícios ou problemas mais sérios, uma pulseira que dá choques pode não ser o mais indicado. O aconselhado é procurar ajuda médica seja por um terapeuta ou psicólogo.

O nome da pulseira é inspirado no médico russo Ivan Pavlov

Ivan Pavlov foi um médico do século 20 que decidiu testar o condicionamento de comportamentos em cães. Pavlov tocava um sino sempre que dava comida aos cães, fazendo com que associassem o som do sino à comida.

Eventualmente, Pavlov notou que ao tocar o sino sem dar comida, os cães salivavam à mesma pois já tinham associado o som à refeição. Esta descoberta ajudou a humanidade a descobrir como os nosso reflexos funcionam e podem ser condicionados.

Apesar do nome, a pulseira não utiliza o mesmo método de Pavlov, optando por chamar a pulseira de "aparelho de castigo positivo".

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.