"Ainda há esperança para o Anthem" afirma programador de jogos

António Guimarães

Chris Roberts, criador do título independente Star Citizen, comentou recentemente o que aconteceu com o Anthem. O programador tentou dar a perspectiva de quem faz jogos para que os jogadores tenham noção do quão difícil é produzir um título do género.

Na entrevista feita pelo Newsweek, Roberts afirma que ainda existe esperança para o Anthem mas a Bioware não pode desistir de melhorar o jogo. Anthem foi lançado com uma panóplia de bugs e problemas.

anthem

Além do sistema de combate e gráficos atraentes, Anthem tem pouco para oferecer. O título sofre de falta de qualidade e quantidade de conteúdo, além de ter tido um tempo de produção de menos de um ano.

A EA afirmou que o jogo este em desenvolvimento durante sete anos mas esse tempo foi passsado em pré-produção apenas. Recentemente, 19 colaboradores do projeto foram entrevistados anonimamente e afirmaram que o jogo propriamente dito foi desenvolvido em menos de 12 meses.

Roberts deu o exemplo de outro jogo mal recebido

Chris Roberts mencionou o No Man's Sky, outro título bastante promissor que acabou por desiludir jogadores com conteúdo desinteressante e jogabilidade repetitiva.

Roberts reforçou que havia apenas 13 pessoas na equipa que criaram um jogo fantástico. O programador afirma que a equipa responsável recebeu muitas críticas e insultos injustos por parte da comunidade.

"Os jogadores viram os trailers, o conceito e começaram a imaginar coisas. O jogo foi mal recebido mas a equipa continuou a esforçar-se e a melhorar. Agora a percepção sobre o No Man's Sky mudou."

Ea

Aparentemente, a EA Games também tem culpa no cartório

Roberts apontou um detalhe importante que é a envolvência da Electronic Arts no desenvolvimento do jogo. A Bioware podia ter atrasado o lançamento do jogo caso não tivessem pressão poar parte da EA para lançar o Anthem, o quanto antes.

O programador adicionou ainda que as pessoas já estão pré-dispostas a odiar a EA por causa de casos como o Mass Effect: Andromeda e outras desilusões.

Seja como for, apesar dos problemas, a verdade é que o público recebeu um produto que parece inacabado. Esperemos que a Bioware consiga melhorar o Anthem porque existe algum potencial no jogo que pode ser aproveitado.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.