Empresas chinesas também abandonam a Huawei. Entende

Filipe Alves
Comentar

A Huawei está numa situação ingrata. Isto porque, mesmo sem provas de possível espionagem, foi posta de lado pelo governo norte-americano.

As decisões de Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos da América, fizeram proibido para qualquer empresa norte-americana de negociar com a Huawei e, além disso, já referiu que outras fabricantes que pensem em ajudar o crescimento da Huawei estão no mesmo caminho para serem banidas.

Depois da Samsung são as fabricantes chinesas a abandonar a Huawei

Huawei logo

Esta segunda afirmação fez empresas como a Samsung deixar de negociar com a Huawei. Por muito que (no papel) não existisse nenhum tipo de problema.

Pois bem, não foi só a Samsung. De acordo com o mais recente relatório da DigiTimes, são muitas as empresas chinesas que estão a abandonar a parceria com a Huawei. O receio é o mesmo em todas. Caírem na lista negra do Presidente dos EUA Donald Trump.

Nenhuma grande empresa tecnológica consegue trabalhar sozinha. Por mais gigante que seja, a empresa precisa de parcerias e sinergias para ver os seus produtos acontecer.

Os smartphones da Huawei estão em risco

Esperava-se que a Huawei revelasse o próximo topo de gama da marca, Huawei Mate 40, no próximo mês. Contudo, devido a todos estes problemas o terminal pode demorar a chegar.

Alguns rumores referem que a Huawei apresentará o terminal à mesma, porém, não sairá tão cedo para o mercado. Escusado será dizer que a Huawei está seriamente ansiosa pelas eleições dos EUA em novembro deste ano.

Ainda que um novo presidente não signifique soluções imediatas, a Huawei já percebeu que enquanto Donald Trump lá continuar não terá a mínima hipótese de reverter a situação. A não ser que a guerra comercial entre a China e os EUA acabe a favor do país americano.

Antes de ires, descobre os melhores telemóveis chineses da atualidade. Além disso, vê os melhores smartphones Xiaomi, com opções para várias necessidades e orçamentos.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.