Elon Musk quer ligar o cérebro humano a computadores em 2020

António Guimarães
Comentar

Elon Musk e a sua start-up Neuralink revelaram uma tecnologia para ligar o cérebro humano diretamente a computadores. A Neuralink foi criada em 2016 mas este é o primeiro projeto que anunciam publicamente.

neuralink
O implante neural da Neuralink, pouco maior que um cêntimo americano

A tecnologia consiste em linhas que se irão ligar ao cérebro, melhorando e preservando o mesmo. O mesmo permite que o computador seja controlado apenas pelo cérebro, através de um processo de aprendizagem.

Como funciona o implante da Neuralink

Detalhes específicos ainda não foram revelados mas essencialmente tratam-se de linhas mais finas que um cabelo humano injetadas no cérebro. Estas linhas conseguem detetar a atividade do cérebro e os seus neurões.

As aplicações úteis do projeto da Neuralink

Apesar do conceito parecer saído de um filme de ficção científica, existe uma ideia válida neste projeto. Para pessoas paraplégicas, com deficiências motoras ou qualquer tipo de condição cerebral pode ter a sua vida facilitada com este implante.

Durante o evento de apresentação, o presidente da Neuralink, Max Hodak, salientou o potencial deste implante no tratamento de doenças mentais como Parkinson ou mesmo Alzheimer.

Musk teme que o ser humano seja superado pela inteligência artificial

O dinâmico CEO da Tesla afirma que o objetivo deste implante é ter a inteligência humana e artificial em simbiose. Musk declarou que a inteligência artificial irá eventualmente superar a humana. Para que isso não aconteça, é necessário acompanhar as máquinas.

Pelos vistos, a solução para acompanhar os computadores é 'fundirmo-nos' com eles. O projeto Neuralink está a atualmente a ser testado em ratos mas a empresa pretende testar em macacos também.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.