Elon Musk critica publicamente a política da Apple na App Store

Carlos Oliveira
Comentar

Elon Musk, o CEO da Tesla, serviu-se da sua conta no Twitter para criticar as taxas praticadas pela Apple na sua loja de aplicações. Para ele, a americana detém um imposto global sobre a internet.

O homem forte da Tesla vai mais longe e posiciona-se ao lado da Epic Games na disputa desta contra as regras da Apple. Para Musk, a empresa produtora de jogos tem razão nas suas reclamações.

Apple app store fees are a de facto global tax on the Internet. Epic is right.

— Elon Musk (@elonmusk) 30 de julho de 2021

Elon Musk apoia a causa da Epic Games

Para os mais desatentos, a Apple cobra uma taxa de 30% sobre todas as transações feitas dentro da App Store. Isto significa que se comprares uma aplicação que custa 1 €, a sua produtora receberá apenas 0,70 €.

Foi este o motivo que levou a Epic Games a insurgir-se contra a Apple quando lançou o seu próprio sistema de pagamentos no Fortnite. Rapidamente a empresa americana baniu o estúdio gaming da sua loja de aplicações, dando início a um litígio que ainda se arrasta nos tribunais.

Agora, a Epic Games recebe o apoio de um dos homens mais influentes no mundo da tecnologia atualmente. Elon Musk diz apoiar a causa do estúdio gaming, instaurando a polémica entre as duas gigantes americanas.

Diz-se que esta publicação foi motivada pelas notícias recentes que dão conta de que Elon Musk quis o lugar de CEO da Apple. Contudo, Tim Cook terá recusado prontamente a oferta do agora líder da Tesla.

Musk, contudo, já admitiu no Twitter que esses rumores são falsos e que nunca falou com Tim Cook. Com efeito, não se sabe aquilo que realmente terá motivado mais uma controversa afirmação de Elon Musk.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.