DxOMark revê pontuação da câmara do iPhone 11 e a Apple só tem a agradecer

Carlos Oliveira
Comentar

A plataforma DxOMark reviu recentemente os seus protocolos de testagem às câmaras dos smartphones. Nesse sentido, ela tem, progressivamente, revisto alguns dos mais influentes dispositivos do mercado e o iPhone 11 foi o mais recente visado.

Com esta renovada análise, o iPhone 11 recebe uma pontuação bem mais respeitável que a anterior. Obtendo agora 119 pontos gerais, o smartphone da Apple consegue mesmo superar alguns topos de gama Android lançados este ano.

iPhone 11 DxOMark

Tome-se como o Samsung Galaxy S20+ ou OnePlus 8 Pro que ficaram atrás do topo de gama da Apple de 2019. No entanto, importa referir que a pontuação do Galaxy S20+ reflete ainda os antigos padrões da DxOMark, logo, é possível que em breve também este smartphone veja a sua pontuação subir.

iPhone 11 arrecada mais 10 pontos do que nos primeiros testes da DxOMark

Publicada em janeiro de 2020, a primeira análise à câmara do iPhone 11 resultou em 109 pontos para o equipamento da Apple. Graças aos renovados padrões de teste da DxOMark, este mesmo equipamento vê essa pontuação subir para os 119 pontos.

Neste novo resultado tiveram ainda influência as atualizações ao software que a tecnológica americana disponibilizou nos últimos meses. Pequenos ajustes que fazem da câmara um pouco melhor do que era quando chegou ao mercado.

Dito isto, o iPhone 11 continua a capturar imagens com uma qualidade que não desilude. Temos uma boa preservação dos detalhes, boa reprodução de cores e uma grande angular de que poucos se podem orgulhar.

O vídeo é previsivelmente outro dos pontos fortes deste equipamento, tal como a Apple já nos habituou. No entanto, continua a notar-se um efeito gelatina nas gravações realizadas enquanto andas.

Para aqueles que já possuem um iPhone 11, esta reavaliação não irá modificar a tua experiência com a câmara do smartphone. Tudo o que a DxOMark avaliou agora já se encontra disponível no teu exemplar, porém, esta nova pontuação poderá convencer aspirantes ao uso do equipamento.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.