Drone é utilizado pela primeira vez no transporte de um órgão para transplante (vídeo)

Filipe Alves

Foi feita história. Pela primeira vez um drone foi utilizado para transportar um órgão para transplante. O paciente estava na lista de espera para receber um novo rim há mais de 8 anos e a espera terminou com um momento épico.

Tudo isto aconteceu nos Estado Unidos. O rim foi transportado do hospital de Baltimore's St. Agnes para o centro médico University of Maryland (UMD). A distância entre os dois era de apenas 4 quilómetros e o voo foi feito em menos de 10 minutos.

O drone não era um gadget qualquer. Dada a elevada importância da carga, o drone era equipado com propulsores suplentes, duas baterias e ainda um pequeno paraquedas em caso de emergência. Logo depois do transporte, o órgão foi transplantado com sucesso no paciente que ainda se encontra em recuperação.

O diretor de engenharia da UMD, Darryll J. Pines referiu que "Há um objetivo maior em jogo. No final das contas, não é sobre a tecnologia; é sobre melhorar a vida humana".

Drone transplante 1

Ainda que esta pequena viagem pudesse ter sido feita de forma mais rápida e segura numa ambulância, temos de perceber que o trânsito é algo que não podemos controlar. Os helicópteros também não estão há disposição de toda a gente. Um drone, por muito sofisticado que seja, é sempre um gadget mais acessível para fazer este tipo de viagens numa situação de emergência.

Todo este processo de transporte foi gravado e transmitido mais tarde no vídeo acima. Este momento é mais importante do que se pensa e para que tal acontecesse foram feitos 44 testes com mais de 700 horas de voo.

Ademais, o transporte incluí ainda informações vitais da temperatura do órgão dentro da caixa em tempo real. Algo que não se pode dizer do típico serviço de transporte por ambulância.

Ainda é cedo para que vejamos este tipo de transporte em Portugal, porém, não deixa de ser bom ver a tecnologia e a saúde a cooperarem de forma única. Um momento que ficará para a história.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.