Donald Trump ataca a Google e os resultados de pesquisa

Filipe Alves

Donald Trump ataca a Google e os resultados de pesquisaDonald Trump, presidente dos Estados Unidos da América, atacou a Google e questionou os resultados da pesquisa daquele que é o maior motor de buscas do mundo.

Não há dúvidas que a pesquisa Google é uma das ferramentas online mais utilizadas e o motor de busca mais popular do mundo. A empresa de Mountain View conseguiu aos poucos dominar a internet. Podemos concordar que nos dias de hoje não há muitos concorrentes que se atrevam a entrar em competição.

Vê ainda: Procurar por ‘idiot’ na Pesquisa Google dá-nos o Donald Trump. Porquê?

Em resumo, a empresa americana tem um domínio assustador da internet. Já o chegamos a referir num dos nossos podcasts onde a conversa passou por aí (um fantástico podcast que tens de ouvir). Sem concorrência não existe evolução, pior do que isso, existe a possibilidade de manipulação de dados.

É isso mesmo que o Presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, está a acusar empresa de Mountain View. De acordo com o tweet de Trump, a Google favorece resultados negativos de Donald Trump quando é pesquisado o seu nome.

Donald Trump não acredita que os resultados de pesquisa Google são justos

Refere ainda que, para além de não trazer notícias positivas de seu nome, a Google deliberadamente ignora todos os comícios que Donald Trump dá, algo que, segundo ele e o seu tweet, não acontecia quando Barack Obama era presidente.

Em virtude destas acusações a Google já referiu que não escolhe lados políticos. Logo após apontou que os resultados de pesquisa são automatizados pela relevância do assunto. A verdade é que já não é a primeira vez que vemos os resultados da Google oferecerem artigos pouco verdadeiros e relevantes no seu topo da pesquisa.

Depois de ter banido as tecnologias da Huawei, Donald Trump continua a atacar empresa tecnológicas. Veremos até que ponto é que estas acusações poderão influenciar os resultados de pesquisa.

Em suma, este será um assunto que vai dar que falar. Cá estaremos para saber o que ambas as partes tem a dizer.

Editores 4gnews recomendam:

Fortnite: Epic Games crucifica Google por má conduta

Xiaomi Poco Launcher disponível para qualquer Android (Download aqui)

Huawei Mate 20 Pro e Mate 20 trazem uma diferença inesperada

Fonte | Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.