Dois atributos do iPhone 15 que gostaríamos de ver no iPhone 14

Mónica Marques
Comentar

Dia 7 de setembro, a Apple vai apresentar oficialmente o novo iPhone 14 e entre todas as revelações já feitas sobre o terminal, destaca-se a ausência de dois atributos que vão chegar apenas em 2023.

Segundo os analistas mais confiáveis, a tão desejada entrada USB-C e um chip baseado no processo 3 nm só chegam com o iPhone 15 em 2023.

iPhone 14 sem entrada USB Tipo-C

iPhone 13
As novidades mais significativas vão estar integradas no novos iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max Crédito@Apple

O entusiasmo pela chegada do iPhone 14 aumenta significativamente à medida que a data de 7 de setembro, dia da revelação oficial, se aproxima.Muitas revelações foram já feitas sobre as especificações que a nova geração traz consigo e, mais uma vez, a Apple não vai desiludir e tem boas novidades, ainda que reservadas para os modelos Pro da série.

No entanto, vão continuar a faltar, pelo menos, dois atributos que eram esperados pelos seguidores e fãs da marca norte-americana.

Assim, ainda não é na geração 14 do iPhone que vai ser integrada a tão ansiada entrada USB Tipo-C. Apenas em 2023, no iPhone 15, é que a empresa de Cupertino irá (finalmente) ceder e integrar a porta universal de carregamento e transferência de dados.

A escolha da data não é inocente, uma vez que a nova legislação europeia que implica a integração de uma entrada universal em toda a eletrónica de consumo deverá entrar em vigor em 2024.

Sendo as gerações de iPhone lançadas sempre no nono mês de cada ano, parece que Tim Cook irá antecipar e respeitar os regulamentos europeus três meses (apenas) antes de estes serem colocados em prática.

Acrescente-se que outros países, como a Índia, equacionam também a aplicação de legislação que regule a padronização do carregamento e quantos mais mercados impuserem estas regras, mais pressão a Apple irá sentir para abandonar a sua porta Lightning e adotar de braços abertos o padrão generalizado USB Tipo-C.

Novo chip baseado em processo 3 nm só no iPhone 15

Ao que tudo indica, este ano a Apple apenas vai equipar os modelos iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max com o novo chip A16 Bionic, proprietário da marca, sendo que as variantes não Pro vão manter o processador anterior A15 Bionic.

No entanto, ambos os chip são baseados no processo de fabrico de 5 nm da TSMC, com a Apple a repetir a fórmula no novo A16. Esta informação foi divulgada pelo conhecido analista Ming-Chi Kuo que garante que a empresa não vai fazer alterações neste ponto específico.

Estas são as más notícias. Já as boas notícias é que o processador A17 Bionic vai fazer uso do processo de fabrico de 3 nm da TSMC. De acordo com o site MacRumors, a fabricante vai começar a produzir este tipo de processadores ainda antes do final de 2022.

Contas feitas, só veremos uma alteração significativa no interior do iPhone em 2023 com a chegada da nova geração 15.

Mas de que forma é que a Apple poderá fornecer um impulso no desempenho do chip A16? Segundo a maioria dos rumores, a empresa vai fazê-lo atualizando o atual padrão da memória RAM LPDDR4x para RAM LPDDR5, de forma a que o modelo forneça mais rapidez.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.