A divisão mobile da Sony parece ter os dias contados

António Guimarães

A Sony está a implementar severas medidas de austeridade na sua divisão de smartphones. A mais recente é o término de produção em Beijing e a saída de alguns mercados como Médio-Oriente e América do Sul.

Recentemente, a Sony fundiu o seu departamento mobile com o de televisões, numa tentativa de reduzir custos. A empresa finalmente está a agir de acordo com o fracasso das suas vendas de smartphones.

sony xperia

O CFO da empresa, Hiroki Totoki, especula que estes cortes tornem o negócio de smartphones lucrativo novamente até 2020. A Sony inclusive já baixou as suas expectativas de receitas para a maioria das divisões, não só mobile.

A verdade é que a Sony está simplesmente a ter uma hemorragia financeira com a sua linha Xperia. No último trimestre, a empresa japonesa perdeu cerca de 368 milhões de dólares.

A PlayStation será a prioridade de investimento na Sony

A divisão gaming da Sony é sem dúvida a mais lucrativa da empresa. Nesse sentido, juntar os departamentos de telemóveis, televisões, câmaras e áudio é um passo necessário para gerar lucro.

A Sony está a projectar um lucro de 1.1 mil milhões de dólares com esta junção, o que seria excelente para a empresa. Caso consigam atingir este número, estamos a falar de um aumento de 58% em comparação a 2018.

xperia

A PlayStation 5 representa a próxima grande oportunidade da Sony de gerar receitas. É provável que a maioria dos recursos financeiros seja então direcionado para o fabrico e produção da consola da próxima geração.

Actualmente, a Sony tem menos de 1% de quota de mercado de smartphones, o que é péssimo. Vários analistas acreditam que a empresa devia simplesmente vender a sua divisão mobile.

É esperado que a Sony tente uma última vez com a tecnologia 5G. Por mais que seja desapontante ver uma marca tão significante como Xperia a desaparecer, tenho de concordar com os analistas neste assunto.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.