Dispositivo de Realidade Aumentada da Apple contará com autenticação biométrica

Carlos Oliveira
Comentar

Um dos produtos mais aguardados da Apple é o seu primeiro dispositivo de Realidade Aumentada. Este produto tem sido rumorejado há alguns anos e parece que será no início de 2023 que acontecerá a sua oficialização.

Se isso for verdade, é natural que os próximos meses nos tragam várias notícias sobre aquilo que este produto terá para oferecer. Uma delas é que a Apple irá estrear, nos seus produtos, uma nova forma de autenticação biométrica.

Apple colocará leitor de íris no seu headset de Realidade Aumentada

A informação foi veiculada pela publicação The Information e rapidamente reproduzida por outros meios de comunicação da área. Segundo o seu testemunho, a Apple dotará o seu headset de Realidade Aumentada com um leitor de íris.

Apple

Esta é, de facto, a tecnologia de autenticação biométrica que faz mais sentido para um produto deste tipo. Bastará ao utilizador colocar os seus óculos para que seja imediatamente autorizado.

Este leitor de íris não servirá apenas para conceder acesso ao utilizador ao dispositivo. Poderá também ser utilizado para autorizar pagamentos e outras tarefas de maior sensibilidade.

O leitor de íris não é novidade para utilizadores de produtos de outras marcas, nomeadamente para os utilizadores Samsung. Todavia, será uma estreia para aqueles que utilizam fielmente os dispositivos desenvolvidos pela Apple.

Nos seus smartphones, a Apple utiliza dois tipos de autenticação biométrica. O mais antigo é o Touch ID para verificação da impressão digital dos utilizadores.

Por outro lado, temos o Face ID como tecnologia de reconhecimento facial desenvolvida pela Apple. Esta é, atualmente, a principal forma de autenticação nos produtos da marca, sobretudo nos seus dispositivos móveis.

Por razões óbvias, estes dois tipos de autenticação biométrica não se adequam ao primeiro dispositivo de Realidade Aumentada da Apple. Assim sendo, o rumor da introdução de um leitor de íris faz todo o sentido para este tão aguardado produto.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.