Dell XPS 13 chega ao mercado com Ubuntu

Rafael Ferreira
9 Abril, 2015

No final do ano passado conhecemos o Dell XPS 13 Developer Edition mas só agora chega ao mercado, um portátil que se distingue por inúmeros pontos, o seu design, as suas características, a sua qualidade e o seu sistema operativo que ao contrario da norma vem com Ubuntu.

Este novo portátil vem com duas versões, a básica por aproximadamente 890€ que inclui um ecrã de 13.3 polegadas com uma resolução de 1920 por 1080 e tecnologia IPS IGZO2.

O modelo básico é alimentado por um processador Intel Core i5-5200U Broadwell apoiado por 8 Gb de Ram e um disco SSD de 128 Gb que fornecera a fluidez ideal para um portátil, o XPS 13 conta ainda com o sistema operativo Ubuntu 14.04.

A versão mais avançada sobe consideravelmente as suas características dobrando o seu espaço em disco passando para um SSD de 256 Gb e um ecrã HD de 13.3 polegadas com uma resolução de 3200 por 1800 e um processador i7-5500U por aproximadamente 1415€.

Ambas as versões contam também com conectividade para 802.11ac Wi-Fi, bem como um teclado retro-iluminado, uma bateria poderosa de até 52h .

Talvez queiras ver:

Diz o que tens em mente nos comentários abaixo. E que tal ajudares um projeto Português? Sabe mais

Queres ser nosso amigo? Segue-nos nos meios de comunicação.

Mais na 4gnews

Nvidia: Gráficas Turing estão a vender bem mais que modelos Pascal
AMD Ryzen 3000 recebem suporte para motherboards mais antigas
iMac Pro ganha versão com 256GB de RAM, por mais 6240€
Apple lança os primeiros iMac com Intel Core i9
Intel vai construir o Aurora: primeiro supercomputador de exa-escala
Nvidia lança o seu Raspberry Pi: O Jetson Nano já está disponível

Artigos que não podes perder

Os 10 melhores telemóveis chineses a ter em atenção em 2018
Os melhores tablets e como escolher o modelo certo em 2018
Os smartphones com os melhores processadores - Outubro 2018
A placa gráfica certa para cada tipo de utilizador de PC em 2018
Descobre 10 produtos Xiaomi que valem a pena comprar
Os 15 melhores telemóveis baratos que valem (realmente) a pena em 2018