cyanogenkey
Se acompanham as peripécias da Google, sabem que o Android One foi “oferecido” às fabricantes. Pelos vistos a Cyanogen vai manter essa vertente low-cost pois a iniciativa da Google de produzir aparelhos de baixo custo para mercados em desenvolvimento não teve o sucesso esperado.

Quer gostemos ou não, o sucesso da Cyanogen é estrondoso e é um exemplo de esperança e inspiração para desenvolvedores independentes. A Cyanogen está a trabalhar com vários fabricantes para desenvolver aparelhos, com preços à volta dos 75 dólares, apontando a vários mercados. A política é utilizar hardware barato mas atingir boa performance, evitando o bloatware.

Estes futuros terminais irão correr o CyanogenOS 13, baseado no Android 6.0 Marshmallow. Serão apresentados para o próximo ano enquanto que a ROM do CyanogenMod 13 virá mais cedo, talvez ainda este ano. Além disso, também prometeram um terminal flagship.

   

O esforço da equipa Cyanogen centra-se em garantir que esses aparelhos passem por várias atualizações do Android, tal como era o objetivo principal do Android One. A equipa também vai providenciar kits de desenvolvimento para os seus parceiros, de modo a garantir que não existem duas aplicações para o mesmo. Isso é bom, visto que muitos terminais com Android têm dois navegadores, dois clientes de e-mail, dois calendários, etc.

Talvez queiras ver:

😉