COVID-19: Facebook Messenger une-se a organizações de saúde para mostrar informação

António Guimarães
Comentar

Conforme avança o Engadget, o Facebook, através da app de comunicação Messenger, criou uma parceria com organizações de saúde como UN e UNICEF para auxiliar a entrega de informação sobre o COVID-19. As informações serão supostamente entregues pelo Messenger a utilizadores que estejam ligados às páginas das organizações.

Desta forma, caso sigas as páginas da UN e UNICEF, por exemplo, é possível que comeces a receber mensagens pertinentes sobre o avanço do novo Coronavírus. É provável que a informação seja selecionada de acordo com o país de residência, caso tenhas a localização ativa na app.

Facebook irá aplicar medidas semelhantes no WhatsApp

Durante a semana passada, o WhatsApp anunciou que vai lançar uma plataforma dentro da app com várias informaçõe sobre o COVID-19. Estas incluem guias, dicas e informações gerais para que o utilizador possa manter-se atualizado sobre as recomendações de saúde e desenvolvimentos da doença.

Esta medida também faz parte de um esforço do Facebook para combater a desinformação sobre o novo Coronavírus. A rede social já teve de intervir várias vezes pois existem pessoas, páginas e até mesmo grupos que se dedicam a espalhar informações falsas sobre o COVID-19.

Em casos mais extremos, o Facebook teve de remover anúncios do Marketplace, a plataforma de compra e venda. Isto porque haviam indivíduos a anunciar a venda de máscaras e luvas cirúrgicas, ou até mesmo a promover falsas curas.

Governo americano quer utilizar o Facebook e Google para controlar a quarentena

Há alguns dias, o Android Authority relatou que o governo americano está supostamente em conversação com a Google e Facebook para utilizar os registos de localização dos seus utilizadores. Estes registos ajudariam o governo a manter controlo sobre os cidadãos em quarentena, garantido que não estão a quebrar as ordens de contenção.

Editores 4gnews recomendam:

  • Coronavírus: vídeos impressionantes mostra cidades dos EUA quase desertas
  • Facebook e Instagram seguem Netflix e Youtube e limitam qualidade de vídeo
  • Instagram prepara-se para te oferecer mais privacidade nas Histórias
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.