China vai ter o "Uber" dos carros autónomos até 2021

António Guimarães
Comentar

A empresa chinesa de transporte privado Didi Chuxing vai dar o proxímo passo e incluir carros autónomos no seu serviço. A empresa irá começar pela cidade de Shanghai e pretende expandir-se para fora da China até 2021. A Didi Chuxing é das maiores empresas do género, por vezes chamada de Uber 'chinesa'.

Mais empresas poderão juntar-se à 'festa'

O CEO da Didi afirma que a empresa está em conversação com a japonesa Toyota, numa possível colaboração entre empresas. O CEO considera que "as alianças são importantes para trazer carros autónomos à vida da melhor forma".

O serviço de carros autónomos estará pronto dentro de meses

De acordo com a Reuters, o serviço da Didi Chuxing já está a ser testado para lançamento previso o mais depressa possível. Os veículos terão capacidades de condução nível 4, classificada pela SAE International, uma associação de classificação de veículos.

Um veículo com a classificação 4 é considerado quase completamente independente, podendo conduzir, estacionar e circular dentro de áreas urbanas sem a assistência do motorista. O veículo deve ser ainda capaz de anular uma viagem e parar ou estacionar o carro de forma segura.

Todas as viagens nos carros autónomos serão gratuitas, pelo menos nesta fase experimental, informou o CEO da Didi Chuxing. A empresa está entretanto à espera de conseguir algumas licenças por parte do governo chinês para testar a frota de 30 carros a partir de setembro.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.