Carregamentos rápidos a 100W serão o padrão em breve nos smartphones. Entende

António Guimarães
1 comentário

Os carregamentos de baterias em smartphones estão a ficar cada vez mais rápidos. Na verdade, de acordo com o leaker Digital Chat Station, os carregamentos com potência de 100W ou mais vão tornar-se padrão em 2021. Além disso, as baterias de 5000 mAh também serão bem mais comuns.

Na verdade, não se trata de uma previsão absurda. Afinal, este ano tivemos marcas a revelar tecnologias de carregamento super-rápido como a Xiaomi, Oppo e Realme. Estas últimas apresentaram recentemente o UltraDart Fast Charging, com 125W de potência. Inclusive, temos carregamento wireless até 65W.

fxs
Carregamentos da Oppo

Estamos a falar de tempos de carregamento ridiculamente pequenos, onde uma bateria de 4000 mAh é carregada na totalidade em apenas 21 minutos. Uns meros 5 minutos irão conferir uma carga de 41%. Já o carregamento sem fios fica completo em apenas 30 minutos, com a potência de 65W.

Eventualmente, começarão a sair smartphones que suportam estas velocidades de carregamento. É provável que nos finais de 2020 ou inícios de 2021 comecemos a ver uma nova disputa entre as marcas: velocidade de carregamento.

Velocidade carregamento pode ter um custo negativo

Por mais que a Oppo, Realme e Xiaomi afirmem que o carregamento rápido é seguro, não há dúvida de que tanta potência vai "comer" a vida útil da bateria. As baterias atuais vivem de um certo número de ciclos, que é gasto em cada carregamento.

Com tanta potência, os ciclos irão ser gastos mais depressa. Além disso, com mais energia a ser injetada na bateria, a mesma pode deteriorar-se com mais velocidade do que o normal. Vale a pena pagar o preço?

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.