Botão coroa do Apple Watch pode migrar para outros dispositivos da marca

Carlos Oliveira

iphone-digital-crown-patent

A ideia de a Apple pegar em tecnologias originalmente lançadas no seu Apple Watch e migrá-las para os seus iPhone´s já não é novidade. Um desses exemplos foi a migração do Force Touch do Apple Watch para o 3D Touch no iPhone e agora uma outra pode estar a caminho.

Vê também: Apple Watch 2 terá menos uma camada de vidro para ficar mais fino

Tendo por base uma patente da Apple agora divulgada, o botão coroa pode ser o próximo elemento a fazer parte de um iPad ou até mesmo de um iPhone. Antes de mais há que referir que esta patente, embora só ter sido tornada publica agora, foi originalmente preenchida em 2014, logo tudo isto pode acabar por não resultar em nada.

Patent-application-shows-the-use-of-a-Digital-Crown-on-an-iPad

As imagens divulgadas conjuntamente mostram um botão rotativo numa das laterais do que aparenta ser um iPad, mas o iPhone não é descartado como uma possibilidade. Segundo os dados conhecidos, este novo botão pode ter funcionalidades tais como fazer zoom em texto, seletor de volume, disparar a câmara fotográfica do equipamento e até mesmo como botão on/off.

Close-up-look-at-the-Digital-Crown

Em alguns casos é ainda posto em cima da mesa a possibilidade de tais equipamentos não virem a possuir bezels, ou seja, o sonho de um equipamento onde a sua parte frontal seja apenas constituída pelo seu ecrã pode estar mais perto. Desta forma a Apple poderia ainda acrescentar neste novo botão as funcionalidade do seu botão home.

The-crown-could-be-used-on-iOS-devices-without-a-bezel

Todos esperamos que em 2017 a Apple faça uma renovação profunda no seu iPhone e esta nova patente pode estar a dar-nos uma ideia do que está por vir. Numa perspectiva pessoal e mais debruçada sobre a estética do equipamento, a inclusão deste botão tão saliente na lateral de um iPhone não é do todo algo que me agrade, mas gostos são gostos.

Talvez queiras ver:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.