Bill Gates refere que o seu maior erro foi perder o mercado móvel para o Android

António Guimarães
Comentar

Durante uma entrevista recente, o co-fundador da Microsoft Bill Gates, falou de alguns dos seus maiores arrependimentos. Um deles foi não ter conseguido dominar o mercado dos sistemas operativos para telemóveis, algo dominado pela Google e o Android.

Podemos afirmar que a Microsoft domina o mercado dos computadores com o Windows presente, com 87% de quota de mercado. O mesmo não pode ser dito do mercado dos telemóveis, onde a Microsoft entrou mas acabou por não conseguir acompanhar a concorrência.

A Microsoft chegou tarde ao mercado dos smartphones

Após a saída do iPhone em 2007, o Android tornou-se a única plataforma alternativa, com controlos táteis, sem teclas físicas. A Microsoft já possuia o Windows Mobile por essa altura mas a interação era através de teclado ou caneta stylus.

Em 2010, a Microsoft lançou o Windows Phone 7 com ecrã tátil mas por essa altura, o Android e o iOS já dominavam o mercado móvel. Suporte para o Windows Phone 7 terminou em 2017. Este ano, irá terminar o suporte para o seu sucessor Windows 10 Mobile.

Há quem culpe Steve Ballmer pelas falhas da Microsoft

Após a saída de Bill Gates em 2000 como CEO, Steve Ballmer tomou as rédeas da empresa. Ballmer subestimou famosamente o iPhone, dizendo que era demasiado caro (e continua a ser) e que não seria uma escolha viável para empresas. Anos depois, sabemos quem tinha razão, certo?

A parceria com a Nokia produziu telemóveis ainda hoje adorados como os Nokia Lumia mas no final, a gama não durou muito. Assim sendo, há quem diga que Ballmer não soube seguir a visão original de Gates.

Durante a entrevista, Gates afirma que o Android é a plataforma padrão para telemóveis, tirando o iOS. Gates reforça que teria sido "natural para a Microsoft ganhar este segmento do mercado. Só existe lugar para uma alternativa à Apple no mercado".

Caso queiras ver a entrevista completa, tens aqui o vídeo.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.