Apple-Watch (7)

A Apple demorou o seu tempo para apresentar o seu primeiro Smartwatch, depois da Samsung ir na sua “vigésima” versão e de todas as outras OEM’s terem entrado nesta aventura, a Apple continuava ressentida e calculista. 

Um novo artigo da Wall Street Journal apontou que o Apple Watch é o resultado falhado de um super e poderoso smartwatch. A empresa Americana sabia que tinha de entrar no mercado para não perder muito terreno em relação à concorrência, por isso lançaram algo que não era visionado inicialmente. 

   

Não percas: Apple poderá continuar com a câmara de 8MPx para o iPhone 6S

Segundo este artigo, o Apple Watch seria um terminal dedicado à saúde, um gadget que iria melhorar a vida de qualquer pessoa, principalmente de diabéticos. A ideia original passava por fazer um smartwatch que além de notificações, se ligasse à tua app “health” e medisse a pressão arterial, níveis de glicose, batimentos cardíacos, entre outros medidores.

Infelizmente, segundo o artigo, os resultados não eram satisfatórios e variavam bastante do resultado correcto, caso a pessoa tivesse uns braços peludos ou até pele seca não atingia uma medida constante. A Apple acabou por lançar o nosso conhecido Apple Watch que pouco tem a ver com a idea original.

É previsto que este smartwatch bata as lojas a meados de Abril segundo últimos rumores. Como já é de esperar da Apple ( e de outras marcas) o primeiro modelo é um deslize total do objectivo inicial, mas esperem ver uma Apple empenhada em trazer estes resultados positivos, aconteceu o mesmo com o primeiro iPad e iPhone e não será diferente com o Apple Watch.

Talvez querias ver:

Diz o que tens em mente nos comentários abaixo. E que tal ajudares um projeto Português? Sabe mais

Queres ser nosso amigo? Segue-nos nos meios de comunicação.

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.